ACESSE

Ouvidor-geral do MP do Pará é afastado por dizer que índio 'não gosta de trabalhar'

Telegram

O Colégio de Procuradores de Justiça do MP do Pará decidiu instaurar um processo administrativo contra seu ouvidor-geral, Ricardo Albuquerque, e aceitar seu afastamento temporário, registra o Estadão.

O procedimento vai apurar se a conduta de Albuquerque foi incompatível com o exercício de ouvidor-geral e se ele deve ou não permanecer no cargo.

O procurador foi alvo de críticas depois que, nesta semana, circulou um áudio de uma palestra para alunos de Direito na qual ele afirmava que “o problema da escravidão no Brasil foi porque o índio não gosta de trabalhar”.

Enfim, o combate à corrupção avança no território inexplorado do Judiciário. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 58 comentários