Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pacheco dá ultimato para sabatina de André Mendonça

Presidente do Senado convoca período de esforço concentrado para análise de todas as indicações feitas pelo governo federal em 2021
Pacheco dá ultimato para sabatina de André Mendonça
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), anunciou há pouco no plenário da Casa que será realizado um esforço concentrado para votar autoridades indicadas pelo governo federal ao longo do ano de 2021.

Esse período de votação vai acontecer nos dias 30 de novembro e 1º e 2 de dezembro. Segundo Pacheco, esse período será destinado para votação, inclusive, de indicações que ainda estão pendentes de análise pela Comissão de Constituição e Justiça, como a do ex-ministro da AGU André Mendonça, indicado para o STF.

“Eu peço o envidamento de esforços aos presidentes das comissões para que possam, no âmbito desse esforço concentrado, fazerem as sabatinas restantes de todas as indicações de modo que o Senado Federal possa chegar ao final do ano de 2021 se desincumbindo do seu poder de apreciação de todos os nomes submetidos ao seu crivo por indicações do Poder Executivo”, disse Pacheco há pouco.

Com isso, Pacheco dá um ultimato a Davi Alcolumbre. Ele será obrigado a marcar a sabatina de André Mendonça para até última semana de novembro, já que antes da apreciação em plenário, a recomendação precisa passar pela CCJ.

Desde a aposentadoria de Marco Aurélio Mello, em julho, o STF está com 10 ministros. Bolsonaro indicou Mendonça oficialmente em 13 de julho, e, até o momento, a CCJ, por decisão de Alcolumbre, ainda não sabatinou o ex-AGU.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO