Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pacheco não garante que Senado votará Código Eleitoral a tempo

O presidente do Senado afirmou que os parlamentares da Casa vão se "esforçar" para avançar com a pauta, mas evitou dar uma confirmação
Pacheco não garante que Senado votará Código Eleitoral a tempo
Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou há pouco que não sabe se a Casa vai votar o novo Código Eleitoral a tempo de valer para as eleições de 2022. A votação do texto foi concluída ontem na Câmara.

Pacheco afirmou que os senadores vão se “esforçar” para avançar, mas evitou dar garantia de que o código eleitoral terá uma votação “a jato”.

O senador defendeu, no entanto, que algumas regras sejam apreciadas a tempo de entrar em vigor para o pleito. Para isso, elas precisam ser votadas e sancionadas por Jair Bolsonaro até outubro.

Pacheco se comprometeu apenas a analisar a PEC que já está em tramitação na CCJ, cujo ponto principal é a volta das coligações.

“São três situações diferentes: uma é a PEC que veio da Câmara, que está na CCJ referente a coligações. Ela tem interesse eleitoral e essa deve ser apreciada a tempo, ainda em setembro, aprovando ou rejeitando, é importante apreciar a PEC que foi concebida pela Câmara dos Deputados e já votada.”

O presidente do Senado disse que também serão apreciadas pautas de iniciativa dos senadores, como a que trata da sobra de vagas eleitorais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO