Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pacheco vai pachecar?

Presidente do Senado quer designar como relator da nova Lei de Improbidade senador réu que desfigurou as 10 Medidas Contra a Corrupção
Pacheco vai pachecar?
Reprodução

Rodrigo Pacheco está inclinado a designar o colega Weverton Rocha (PDT-MA) como relator da revisão da Lei de Improbidade, aprovada na Câmara dos Deputados. O presidente do Senado havia assumido o compromisso de não indicar réus ou investigados.

Weverton é réu por peculato e fraude à licitação, acusado de provocar prejuízo de R$ 5,38 milhões aos cofres públicos quando era secretário de Esporte e Juventude do governo Jackson Lago, no Maranhão.

Também é investigado por desvio de verbas do Ministério do Trabalho por meio da contratação irregular de ONGs e responde a três ações civis públicas, uma delas por uso de jatinho custeado por uma dessas entidades.

Heverton foi, ainda, o autor da emenda que desfigurou o pacote das 10 Medidas Contra a Corrupção, incorporando ao texto, por exemplo, a previsão de crime de responsabilidade de juízes e promotores.

Outra sugestão buscava modificar a própria Lei de Improbidade, para prever como crime a proposição de ação contra agente público ou terceiro beneficiário de ato classificado como “temerário”.

Seria escandaloso designar Weverton Rocha para relatar a revisão da Lei de Improbidade.

Atualização: em nota ao site, a assessoria do senador diz que “não há condenação judicial, nem razões que o desabilitem moralmente de ser relator de qualquer matéria legislativa” e que os inquéritos em curso contra ele “decorrem de uma intensa perseguição política da qual foram vítimas todos os integrantes do governo de Jackson Lago depois da sua cassação, em 2011”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO