Categories: Brasil

Pacheco vai participar da orgia fiscal de Guedes?

Sem reforma do IR e dividendos, que travou no Senado, Paulo Guedes aposta tudo na PEC dos Precatórios para viabilizar o Auxílio Brasil

Reprodução/Twitter/Rodrigo Pacheco

Como registramos ontem, o senador Angelo Coronel avisou que não vai apresentar tão cedo seu relatório sobre a reforma do Imposto de Renda e dividendos.

O texto era a aposta de Paulo Guedes (foto, à direita) para compensar os gastos com a criação do Auxílio Brasil. Sem ele, o ministro da Economia tenta mexer na PEC dos Precatórios.

Arthur Lira já sinalizou que vai tratorar a aprovação da PEC na Câmara, mas o Senado pode virar a última trincheira contra o populismo fiscal de Jair Bolsonaro, que só pensa na reeleição.

Rodrigo Pacheco (foto, à esquerda) está com um pé no PSD de Gilberto Kassab, de olho em 2022, e não parece disposto a participar da farra bolsonarista.

 

 

Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Tempo de publicação: 4 minutos

Os comentários estão desabilitados