Pacotes de dinheiro para Delcídio

Em depoimento à PF, o economista Antônio Alberto Leite Godinho confirmou que, entre 2006 e 2007, repassou R$ 1,5 milhão – em “pacotes de dinheiro” – do lobista Fernando Baiano para Delcídio do Amaral, informa o Estadão.

O economista é o “tal Godinho”, ”velho amigo” de Delcídio, citado na delação de Nestor Cerveró. Baiano já tinha revelado o caminho da sujeira, falando em 1,5 milhão de dólares (não reais) para o ex-senador do PT – leia aqui.

O dinheiro, segundo o próprio Delcídio, fora desviado da compra da Refinaria de Pasadena e serviu para pagar despesas de campanha jamais contabilizadas.

Delcídio recebeu em dólares ou reais?

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200