Paes e Pedro Paulo querem mais

Telegram

Não satisfeitos com o envio de investigações sobre corrupção para a Justiça Eleitoral, Eduardo Paes e Pedro Paulo Carvalho agora pediram a Marco Aurélio Mello para arquivar a parte do inquérito que ficou no STF, relativa a caixa 2 de R$ 300 mil da Odebrecht na campanha de 2014.

A defesa alega excesso de prazo na apuração, iniciada em março de 2017, e afirma que as declarações dos delatores são contraditórias e não foram comprovadas.

O ministro aguarda o parecer da PGR para decidir.

Comentários

  • PAULO -

    Eduardo Paes, que cara de pau! O "nervosinho" juntamente com o "batedor" em mulheres se mostram agora uns frouxos, sujando as calças de medo. Aguardem!

  • Marcelo -

    "Eu xô u Páixx i eu xô muitu xxpierrtu, morô!!!"

  • DAISY -

    Os corruptos se assanham com o cenário tenebroso que se desenha em Brasília - nosso Versalhes...

Ler 16 comentários