Paes em dia de mea-culpa

Eduardo Paes acordou modesto e arrependido para uma entrevista publicada pelo Globo.

Sobre a piada para a delegação australiana: “Fiz uma brincadeirinha desnecessária, minha avó disse para eu não fazer mais, com toda razão”.

Acerca das críticas ao governo do Rio, sobre segurança: “O que falei para uma rede de TV internacional foi equivocado, foi um comentário infeliz”.

Sobre a queda da ciclovia Niemeyer: “A responsabilidade política é minha, assumo, admito, mato no peito”.

Paes não matou só no peito.

Faça o primeiro comentário