Paes: “Não vou ficar respondendo pelo crime dos outros"

Questionado sobre sua ligação com Lula, Sérgio Cabral e outros políticos do MDB que também foram presos, Eduardo Paes (DEM), ex-prefeito do Rio de Janeiro e candidato ao governo do estado, respondeu em sabatina de G1 e CBN:

“Eu não vou ficar respondendo pelo crime dos outros. Eu fico triste e lamento. Não me deixa feliz descobrir que alguém cometeu um crime. Não me deixa feliz ver alguém preso pelo crime que cometeu.”

Comentários

  • Fernando -

    Pois é, seu Eduardo. Nós, ao contrário, ficamos muito felizes por ver alguém preso pelo crime que cometeu. Mas, talvez no seu caso, seja compreensível.

  • REVOLTADO -

    Ninguém lembrou que ele deve 'responder' pelos próprios crimes?

  • Marechal -

    O Eduardo Paes tem que responder porque se aliou ao bandido do Lula e deu espaço na Câmara para o vira lata raivoso do Wadih Damous do PT.

Ler 46 comentários