Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pagamentos irregulares de auxílio emergencial podem ter chegado a R$ 10,8 bilhões

Os dados foram encaminhados pelo Ministério da Cidadania à CPI da Covid em uma nota técnica
Pagamentos irregulares de auxílio emergencial podem ter chegado a R$ 10,8 bilhões
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O governo federal estima que R$ 10,8 bilhões foram pagos irregularmente via auxílio emergencial. Os dados foram encaminhados pelo Ministério da Cidadania à CPI da Covid em uma nota técnica.

O documento toma como base auditoria da Controladoria-Geral da União realizada ao longo de 2020. O valor proporcional ao total de auxílios pagos foi indicado depois que o governo federal identificou R$ 249 milhões em pagamentos indevidos dentro de um total de R$ 9,4 bilhões.

O Ministério da Cidadania diz que não houve desvio de recursos, apenas um “descasamento entre as bases de dados utilizados pela CGU e pelo ministério”.

“Ou seja, no momento em que a elegibilidade foi processada, o CPF cumpria todos os requisitos conforme a base analítica competente”, declara a nota técnica do Ministério da Cidadania.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO