Pague um, leve dois

Michel Temer vangloriou-se do apoio de Abilio Diniz:

O retrospecto não é dos melhores:

200