Palavras ao vento?

A indicação de Marcelo Navarro para o STJ levou Renan Calheiros a se pronunciar. Ele acaba de soltar uma nota para dizer que o Senado é autônomo e não deve se subordinar ao Executivo. “Cabe ao Senado Federal a sabatina e aprovação das autoridades escolhidas pelo Poder Executivo.” Disse ainda que o “modelo político baseado em nomeações está exaurido” e que deve ser substituído por “discussões programáticas”.

Renan avalizou o nome de Navarro. Será que mudou de ideia ou está jogando para a platéia?

Reiterando o post anterior: “A Lava Jato precisa pegar Renan Calheiros o quanto antes.”