Palocci delata propina no STJ

Antonio Palocci contou que Cesar Asfor Rocha, do STJ, recebeu suborno de 5 milhões de reais – depositados em conta no exterior – para enterrar a Castelo de Areia.

A reportagem foi publicada pela Folha de S. Paulo.

Releia o que O Antagonista disse na última segunda-feira:

 

Bolsonaro conseguirá 'despetizar' a máquina pública? SAIBA MAIS AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 36 comentários
  1. Vamos ver Palocci se será capaz de entregar tudo e todos e pagar o que deve e quem sabe começar a ter uma consciência mais limpa e quem sabe fazendo isso não tenha mais vontade de ir para lado errado da história. Mais tem que entregar o Lulla mesmo com tudo o que tem direito sem faltar nada .

  2. Aguardando agora o que irá fazer o “Dr Moro”.
    Quando foi o Temer, ele o chamou de Dr Temer.
    Quando foi Adriana Ancelmo, que gastou 5 milhões num dia só com joias, ele disse que ela “não sabia de nada”, contrariando as provas e o procurador do caso.
    Quando foi a mulher do Eduardo Cunha, cujo limite no cc era de 1 milhão (mas o marido recebia salário de 33 mil!) e ele tb acreditou que ela n sabia de nada (tb contrariando provas e a opinião do procurador)

  3. Quando ouço, vejo, tenho conhecimento desse tipo de notícia, tenho vontade de soltar fogos.
    Que muito mais coisa venha à tona.
    Esses agentes públicos compromentem toda a Administração Pùblica e a sociedade que vive no país com suas decisões, seus conchavos, suas corrupções, seus desvios.

  4. E esses corruptos, os maiores estão no judiciário, que julgam corrupção…
    Brasil sem futuro. Não á toa pessoas de bem, sobretudo os jovens, estão preferindo limpar privadas nos EUA a viver nesse inferno. O que fizeram com nosso país!?

  5. Devassa total na Justiça, vamos colocar contra a parede todos esses facínoras ligados a máfia da corrupção do País. Podem devassar o Gilmar e parceiros do STF, o escritório da mulher do Gilmar, do “ADEVOGADO” do Lula e voltar o futucar as Empreiteiras e o Daniel Dantas. A Operação Satiagraha teve o mesmo fim e foi duramente combatida e pulverizada pelo Lula, Gilmar Mendes e José Eduardo Cardozo. Falaram de recorde do processo de Lula ao TRF-4, mas recorde mesmo foi a exoneração do Delegado Protógenes, mesmo eleito para a Câmara Federal, foi cassado e encontra-se exilado. Podem cavar mais fundo que o esqueleto vai aparecer.

  6. Só tem uma solução pra derrubar essa republiqueta:GOVERNO FORTE ou seja FFAA ,sem tortura mas com arresto dos bens e prisão,renovação total do congresso e dos tribunais de cortes da nossa (in)justiça.

  7. Juiz corrupto no Brasil? Só se for na França!
    Mestre, eles não são corruptos. São altruístas. Recebem doações para distribuir aos pobres.
    Por que no meu povo brasileiro não há ladrões.

  8. KKKKKKKKKKKKK……Olha o motivo de pânico das delações!…….PT, PMDB, PP, PSDB e a PQP e agora começam os “S”……KKKKK…STA, STB, STC….. Acela que a Ditadura Vermelha já estava montada com base na corrupção, a exemplo da Venezuela. Infelizmente temos que continua votando, e votando muito bem para remover todas essas figuras de suas cadeiras cativas.
    Como canta o Mestre Geraldo Azevedo, “Canta, Canta Passarinho, Canta Canta Miudinho, na palma do Sérgio Moro….. KKKKKKKKKKKK

  9. A argumentação para acabar com a Castelo de Areia foi anedótica: denúncia anônima não pode embasar investigação.
    .
    Foi com esse argumento, de que a investigação começou com uma denúncia anônima, que eles barraram a Castelo de Areia. Inacreditável. A falta de vergonha na cara, nem para arrumar uma desculpa decente

  10. No inquérito desta Operação, Castelo de Areia, Temer foi citado 21 vezes. As investigações começaram em 2009, e ficou constatado a propina que a Camargo Correia pagou a parlamentares. Em 2011 o inquérito foi anulado, e o processo arquivado pelo STJ. Palloci sabia, o PT sabia que Temer é corrupto, e mesmo assim compôs a chapa presidencial de Dilma.

  11. No inquérito desta Operação, Castelo de Areia, Temer foi citado 21 vezes. As investigações começaram em 2019, e ficou constatado a propina que a Camargo Correia pagou a parlamentares. Em 2011 o inquérito foi anulado, e o processo arquivado pelo STJ. Palloci sabia, o PT sabia que Temer é corrupto, e mesmo assim compôs a chapa presidencial de Dilma.

  12. E TÁ TODO MUNDO SOLTO
    Novos cálculos da Receita Federal dão conta de que a grana faturada com a compra e venda de dólares e ações pela JBS/J&F, no dia após a divulgação da delação de Joesley & cia., passa dos R$ 2 bilhões.

    Manda flecha Janot!!!Patético.

  13. Mas o relator no STF foi o Roberto Barroso que desmoronou o castelo,compraram ele também?O Brasil está ficando uma chatice,Rogério Chequer aproveita e pede fora Barroso também!!!!!

    1. Barroso só defende a prisão em segunda instância por pura malandragem desses togas sujas! Ele bem sabe que isso vai cair e ela quer ficar bem na fita. Todos nós já sabemos como esses ministros agem! É o tal do revezamento.

    2. Colega, respeito sua opinião, mas o Barroso defende o cumprimento de pena para condenado em segunda instância, que é o instrumento mais importante no combate efetivo da corrupção. Gilmar Mendes não. Simples assim.

  14. Quando vão pegar os do STF ?
    Ou alguém imagina que eles não receberam agradinhos ?
    Sabem pq a população está parada ? Pq vcs Ainda não apontaram esta bandeira como foco para chamar nas ruas . Só este foco , pois eles que estão segurando o resto . Devem estar sendo bem pagos e tb com o rabo preso.

  15. Isso é muito grave, mas muito grave mesmo. Isso sim põe o Estado Democrático de Direito em cheque. O judiciário se deixou corromper pelos políticos. Por isso o crime de colarinho branco se espalhou pelo país, a ponto do Brasil quebrar e deixar dezenas de milhões de desempregados. Lava-toga já!

  16. É para todos saberem que o judiciário tb foi aparelhado. Essa corrupção toda não existiria sem a complacência do judiciário. Acontece no município, no estado e no federal.

    1. Nos planos de perpetuação no poder, governos corrompem pesadamente o judiciário. O lema é: “Você garante o meu que eu garanto o seu.”