PALOCCI E MANTEGA ATUARAM PARA ODEBRECHT

No indiciamento, a Polícia Federal também comprovou que Antonio Palocci e Guido Mantega atuaram a mando de Marcelo Odebrecht para que fossem aprovadas medidas fiscais em benefício do Grupo Odebrecht, em especial a Braskem.

Como não conseguiu aprovar o projeto de conversão em lei da MP 460/2009, Palocci trabalhou para que fosse editada a MP 470/2009. O serviço foi devidamente remunerado com generosas propinas.

Faça o primeiro comentário