Palocci: “Eu não queria ter conta corrente com a Odebrecht. Não por santidade, doutor”

“Eu não queria ter contas com a Odebrecht, insisto doutor, não por santidade, eu achava que não tinha de ter conta corrente, eu achava que devia continuar uma relação de confiança, onde a gente buscava os recursos quando era necessário. Assim como no terreno: eu não queria fazer aquela compra toda complicada.”

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 3 comentários
  1. Ele é cheio de “Não queria” isso, “Não queria aquilo”… Não queria conta com a Odebrecht, não queria que a Odebrecht comprasse a sede do Instituto Lula… Muito puritanismo para ser o pilantra que é.