PALOCCI LEVOU 10 MILHÕES PARA APROVAR MP

A Lava Jato descobriu que Antonio Palocci embolsou R$ 10 milhões para interferir na aprovação da Medida Provisória 460, que visava ao reconhecimento do crédito prêmio de IPI pelo governo até a data de 31 de dezembro de 2002 – medida que beneficiaria o grupo Odebrecht.

“Como Antonio Palocci Filho estava atuando em favor dos interesses do grupo, haveria remuneração ao agente público e/ou também a outros beneficiários da agremiação política que representava.”

Palocci exercia mandato de deputado federal, para o qual foi eleito mesmo após o escândalo do caso Francenildo.

Faça o primeiro comentário