Palocci: “O pré-sal foi um dos grandes males para o Brasil”

Antonio Palocci ao juiz Sérgio Moro, sobre o pré-sal, vendido por Lula como uma das salvações para o país:

“O pré-sal foi um dos grandes males para o Brasil.”

Palocci afirmou que o governo não soube “lidar com a riqueza” e o pré-sal se tornou um grande problema.

“Porque se fez todo tipo de iniciativa, de processo sem controle, sem estudos adequados, sem cálculos adequados. E muitos projetos acabaram não saindo do papel.”

Ele lembrou que os projetos das refinarias Premium 1 e 2 — no Maranhão e no Ceará — custaram 3 bilhões de reais cada, mas nunca saíram do papel.

15 comentários

  1. A idade da pedra não terminou porque acabaram as pedras, e sim.porque o homem descobriu como utilizar o metal.
    A era do petróleo está na mesma situação, temos que explorar o pré sal enquanto for competitivo, agora num país em que um projeto de 2 refinarias custa 3 BILHÕES fica difícil.

  2. Os antagonistas; deveriam se chamar de “Os entreguistas” . Devem estar trabalhando para as multinacionais do petróleo também. Alguém dizer que o pré sal é ruim para o Brasil só pode estar ou mal intencionado ou mal informado. O pré sal já corresponde a mais da metade da produção atual de petróleo brasileiro, sem ele estaríamos importando muito petróleo.
    Estudem antes de emitir opiniões.

    1. Leia o post com atenção. Quem disse que “o pré sal foi um dos grandes males para o Brasil”, não foram Os Antagonistas, e sim o Palocci. Tudo o que está entre aspas, é citação do Palocci!

  3. O pressal é como xuxu na cerca. Se dá do seu lado não tem gosto, mas se dá do outro lado, o vizinho come. P.s. o vizinho é inteligente .

  4. Somente em um país com uma sociedade colonizada, entreguista e patética, a descoberta de um recurso natural é um problema, mesmo se em uma ou duas décadas o petróleo deixar de ser a matriz energética para mover a frota de transportes, ainda assim continuaria vital e estratégico para a economia mundial, seus derivados são praticamente indispensáveis como matéria prima em vários segmentos da linha produtiva, tentar convencer a opinião pública de que possuir grandes reservas de petróleo e explora-las com soberania é nocivo ao país é digno de uma sociedade manipulada, sofrendo de complexo de vira_latas; essa riqueza nas mãos de governos capazes de verdadeiras nações, transformaria uma sociedade inteira para melhor, o que nos é proposto com essas ideias esdrúxulas, é entregar o recurso natural que supostamente não valeria nada, para empresas multinacionais ficarem com a riqueza que seria da nação.

  5. Adeus pré sal ou qualquer outra M. que inventarem para ludibriar os trouxas !
    Em poucos anos veremos o declínio do petróleo como riqueza, em menos de dez (10) anos o preço do óleo brent vai estar bem menor que hoje, e projetos custosos como o tal “pré sal” estão condenados.

  6. Venho fazendo há tempo a analogia do urso e do pote de mel.
    A descoberta do pré-sal durante o governo lula foi o urso descobrindo o pote de mel.
    É lógico que se lambuzaria.
    Até morrer, se pudesse.
    Só que eu, tu, ele, nós, vós, eles que pagamos essa conta.
    A conta do eterno subdesenvolvimento.

  7. Dio mio…….é tanta sujeira e safadeza que até me deprime …..
    Sempre desconfiei que a história do pré-sal era papo furado….além do mais os países mais adiantados estão partindo pra coisas mais modernas como carros elétricos etc a Inglaterra já disse que até 2040 vai acabar com todos os carros a gasolina.E os ingleses são a regra e nao a exceção …..mas o Brasil sempre atrasado….como na reserva de mercado da informática…..

    1. Minha nossa senhora… “os países mais adiantados”… claro, claro. Logo vão estar usando tapetes voadores e teletransporte… Esses liberais e ou esquerdistas de salão são uma piada macabra…

    2. Acho engraçado que gente como esse Lauro Sérgio e esse socialista chamado Paulo ficam aí ironizando a pessoa por falar algo muito válido e mandando o mesmo “estudar”, mas não apresentam UM argumento sequer. O pré-sal sempre foi um papo furado, SIM, pois não passa de um projeto economicamente inviável que só serviu de propaganda para o governo e para enganar os trouxas. O que nos resta agora é nos livrarmos desse engodo.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.