Para diminuir resistência, Barros leva líderes para almoçar com Tarcísio

Para diminuir resistência, Barros leva líderes para almoçar com Tarcísio
Foto: Alan Santos/PR

Ricardo Barros realizou uma reunião nesta manhã com líderes partidários. O governista tenta construir um acordo para votar amanhã, na Câmara, a BR do Mar, projeto de Tarcísio Freitas para abrir o setor da cabotagem.

Segundo relatos feitos a O Antagonista, o Centrão não se mostrou disposto a sair da obstrução, como Barros havia dito na semana passada.

Para encontrar diminuir a resistência, o líder do governo Jair Bolsonaro levou líderes da base governista para um almoço com Tarcísio Freitas, no Ministério da Infraestrutura.

A ideia, segundo um líder, é que o ministro explique aos deputados que a BR do Mar não prejudicará nenhuma categoria, apesar da resistência de caminhoneiros e de empresas do setor de transporte.

Como mostramos, a proposta de Tarcísio tramita em regime de urgência e, como não foi aprovada até setembro, tranca a pauta da Câmara.

Wallace Landim, o Chorão, um dos líderes dos caminhoneiros, enviou uma carta ontem a deputados, Rodrigo Maia e Michel Temer para pedir a retirada da urgência da BR do Mar. A Infraestrutura nega que a categoria seja prejudicada.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 20 comentários
TOPO