ACESSE

Para Enem deste ano, Inep contrata gráfica alvo de roubo de provas em 2009

Telegram

O Inep divulgou há pouco que contratou a gráfica Plural para imprimir as provas do Enem 2020 ao custo de R$ 63 milhões.

A Plural, do grupo Folha, foi alvo de roubo de cadernos de provas do exame em 2009.

Segundo o Inep, o contrato garante a impressão de todo o material do Enem, incluindo o pré-teste e as provas de reaplicação.

Ao todo, 5,8 milhões de candidatos estão inscritos nesta edição. Deles, 96 mil farão a prova digital.

O Enem de 2020 será realizado em janeiro e fevereiro de 2021. O adiamento foi feito em razão da pandemia do coronavírus, que levou à suspensão de aulas presenciais.

Leia mais: Como governos compram apoio de veículos de comunicação

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 29 comentários