“Para a esquerda, chegar cedo no trabalho é ilegal”

A comissão especial da Câmara que discute o Escola Sem Partido realizou nesta quinta-feira nova reunião com bate-boca entre deputados e manifestantes.

Os deputados contrários ao projeto queriam a suspensão da reunião porque alguns parlamentares apenas registraram presença na comissão, mas deixaram a Câmara em seguida.

“O painel só poderia ser aberto às 9h e não às 8h30”, disse a deputada petista Erika Kokay.

O deputado Sóstenes Cavalcante, da bancada evangélica, retrucou:

“Para a esquerda, chegar cedo no trabalho é ilegal, chegar cedo no trabalho é raridade.”

Comentários

  • Jose -

    PTbas e eskerdebas são todos vagabundos!!!

  • Jorge -

    Quando eu estava na faculdade, em 1980 tinha um sujeito PATRULHEIRO IDEOLÓGICO que fazia pela 7a. vez o 3º ano de Administração. Era um idiota total...

  • Ricardo -

    Se não houver catequese ideológica das crianças a esquerda tende desaparecer, é necessário que os jovens acreditem na Disneylândia dos sem cérebros, Cuba.

Ler 48 comentários