Para Fachin, pedido de Lula é inviável

Edson Fachin considerou inviável analisar o pedido de liberdade de Lula, porque aponta fatos sobre Sergio Moro que ainda não foram examinados nas demais instâncias:

O vínculo do ex-juiz com autores de obras sobre a Lava Jato, a participação dele em eventos políticos e as considerações que já fez sobre a Operação Mãos Limpas, na Itália.

Foram motivos apontados pela defesa para considerar Moro parcial na condenação de Lula.

Mas para Fachin, o fato de não terem sido objeto de decisão nos demais tribunais impede decisão do STF, por supressão de instâncias.

O Senado mandou uma "continha" extra de R$ 6 bi para você pagar. Quem vai defender VOCÊ?

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 25 comentários
  1. Suspeito de parcialidade é o babacão Levandowski que torturou as leis e distorceu tudo pra livrar a cara da “dilma banha&gordura”, e o frajola nem assim conseguiu, processa este supremo parcial po

  2. Levandovsky deixou claro que, durante décadas como magistrado e Ministro do STF, nunca presenciou, via HC, julgamento de suspeita na atuação e condenação de um juiz federal do marginal LILS…

    1. recebe pagamentos de lula, dinheiro roubado ao povo brasileiros via impostos e petrobras. propinas e superfaturamento de empreiteiras.