Para GSI, violência no Rio justifica parentes de Bolsonaro em helicóptero

Para GSI, violência no Rio justifica parentes de Bolsonaro em helicóptero
***ARQUIVO*** BRASILIA, DF, 03.01.2019 - O ministro do GSI, general Augusto Heleno. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

A “notória violência urbana que assola o Rio de Janeiro” foi apontada como uma das razões que levaram ao uso do helicóptero da Presidência por parentes de Jair Bolsonaro, em maio, diz o G1.

Eles utilizaram a aeronave para ir ao casamento de Eduardo Bolsonaro, realizado no bairro de Santa Teresa, região central do Rio.

A resposta do GSI foi apresentada a partir de um requerimento de informação de autoria do deputado Marcelo Calero, do Cidadania do Rio.

“O Coordenador de Segurança de Área julgou pertinente que houvesse o deslocamento aéreo, em parte do trajeto, em virtude da notória violência urbana que assola o Rio de Janeiro”, diz o texto assinado pelo ministro Augusto Heleno.

O documento diz ainda:

“O eventual deslocamento dos mesmos em comboio terrestre, além de aumentar consideravelmente o nível de risco, aumentaria os custos da manobra, haja vista que também é encargo deste GSI prover a segurança dos familiares do Senhor Presidente da República.”

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. ENTREVISTA: Wilson Lima diz que Pazuello ajuda a 'agilizar demandas', mas que 'ainda falta oxigênio'

  3. Justiça Federal suspende distribuição da vacina de Oxford em Manaus

  4. Governo já pagou 1 bilhão por IFA de vacinas da AstraZeneca

  5. Twitter sinaliza post de Onyx Lorenzoni sobre 'tratamento precoce'

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 56 comentários
TOPO