ACESSE

Para marqueteiro do DEM, Bolsonaro é a nova Marina

Telegram

O marqueteiro do DEM, que também trabalhou para Aécio Neves, garantiu que Jair Bolsonaro vai murchar assim como Marina Silva murchou em 2014.

Ele disse para o Valor:

“A Marina perdia 30% dos eleitores a cada oito dias. Mas ganhava 40%, por isso parecia que ela crescia. O voto dela era 75% desejo de mudança, o eleitor não identificava nela outras competências pessoais que rendem voto. Diziam que ela era legal, simpática, evangélica, mas nada disso dá voto. Ela perdeu 30% em oito dias e ganhou 40%, perdeu 30% e ganhou 18% (porque não tinha mais eleitorado para ganhar). Aí perdeu 30% e não ganhou nada, perdeu 30% e ficou de fora do segundo turno. A dúvida é se isso atinge o Bolsonaro no meio da campanha ou às vésperas do fim.”

Comentários

  • Lindomar -

    Ela perdeu eleitores por vários motivos, principalmente porque perceberam que ela era uma mentirosa. De evangélica ela não tem nada, depois percebeu-se que ela não era simpática e nem legal.

  • Sergio -

    Comparação totalmente infundada. Marina não tem carisma, nunca teve uma fração da popularidade que Bolsonaro tem hoje e sempre foi vista pelo público geral como uma mera cria do PT. Só na cabeça de alguns pundits da velha imprensa que Marina goza de alguma popularidade real.

  • Sam -

    Se vale a máxima de "não se poder obter resultados diferentes fazendo a mesma coisa", marqueteiro deveria seguir carreira como técnico de futebol... Ele nem ignorou o fato de que o perfil de ambos os candidatos é quase idêntico kkkkk

Ler 157 comentários