Para não perder voto na OMS, Pazuello apela a Guedes para quitar dívida de R$ 250 milhões

Para não perder voto na OMS, Pazuello apela a Guedes para quitar dívida de R$ 250 milhões
Foto: Tony Winston/MS

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, encaminhou ofício ao ministro da Economia, Paulo Guedes, para que o governo federal arque com o pagamento de ao menos uma parte da dívida que a União tem com a OMS. A informação é do Estadão.

A dívida do Brasil com Organização Mundial de Saúde chega a R$ 250 milhões. O não pagamento do débito tira do país o direito a voto na entidade. “Tal desfecho não é aceitável num contexto de pandemia global e deverá impactar negativamente a resposta brasileira à covid-19, já que a OMS é o principal aliado do governo brasileiro no combate à pandemia”, informa o jornal.

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO