“Para o Brasil voltar a crescer, precisa diminuir o tamanho do Estado”, diz Alckmin

Geraldo Alckmin disse hoje em Florianópolis que “sem crescimento, não tem solução”.

“Hoje há uma dificuldade fiscal muito grande das prefeituras, dos estados e da União, que, além de não investir, ainda gasta todo ano 120, 130 bilhões [de reais] a mais do que arrecada. O Brasil precisa voltar a crescer. Voltando a crescer, claro, todos os governos vão arrecadar mais.

Para voltar a crescer, precisa diminuir o tamanho do Estado. Precisamos fazer um ajuste fiscal, que nós pretendemos fazer rapidinho, se Deus quiser, se for eleito, a partir de janeiro, como fiz em São Paulo, sem aumentar impostos. Nós investimos muito em reduzir a carga tributária.

[É preciso] Simplificar o modelo tributário, que hoje é muito complexo, destravar a economia, reduzir custo de dinheiro, [promover] abertura comercial com maior exportação e conquista de mercados, [cuidar da] educação básica.

O Brasil, para crescer, precisa ter investimento. Para ter investimento, precisa ter confiança de que as coisas vão caminhar bem, no caminho da modernização, da competitividade, da eficiência.”

Mas, sem crescimento em intenções de voto, não tem solução.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 77 comentários
  1. O Antagonista sendo o Antagonista. Mesmo quando tem pública uma nota significativa escorrega na conclusão enviesada e torcedora.
    Não seria mais jornalístico contestar as palavras do Geraldo Alckmin é expor por quais motivos ele poderia não ter razão? O Geraldo Alckmin tem razão nas suas palavras, tem experiência comprovada para desenvolver a administração do Estado Brasileiro mesmo sob muita pressão e terá os votos necessários no tempo certo.

  2. O Estado deve administrar coisas prioritárias a população como saúde segurança e educação, por conseguinte o estado deve diminuir sim. Geraldo tem visão e sabe o que é preciso para melhorar o Brasil. É o mais preparado não há dúvidas.

  3. O Brasil precisa de um homem como Geraldo Alckmin com a visão do povo e de suas necessidades que sempre tem em mente a gestão eficiente, para o Brasil voltar a crescer. Eu voto Geraldo!

  4. Só esta dizendo isso para ter voto mais na verdade não irá fazer nada disso típica conversa de político em época de campanha. E tem trouxa que caí porque é burro ou porque é do mesmo jeito que esses políticos. Ah senhor dai nos paciência pelos seres que habitam este país conosco.

  5. Diminuir o tamanho do estado é retirar privilégios e tratar a coisa publica como se fosse o dono da empresa, é acabar com ministérios, estatais, cargos públicos desnecessários; acabar com os penduricalhos e auxílios (moradia, paletó, etc) dos servidores do excecutivo, legislativo e judiciário. Enfim, para que o brasil possa crescer é preciso acabar com a corrupção e o corporativismo..

  6. Enquanto tiver funcionários públicos ganhando o dobro da média dos privados, não tem como a planície sair da m e r d a. Tem uma oligarquia funcional que impede toda a e qualquer tentativa de suprimir privilégios. Casta imunda. Saude , educação e segurança . O resto prá rua.

  7. Na gestão Alckmin como governador não vimos ele diminuir o tamanho do Estado, não teve nenhuma privatização, nenhum enxugamento de secretarias, nem de cargos comissionados. Também não houve simplificação tributária alguma em SP. Alckmin na presidência manterá tudo como está. E a população está cansada de demagogos como ele e seus acólitos

  8. O Alckmin fala em crescimento, em arrecadar mais, isso não é diminuir o Estado. Isso é basicamente o que todo mundo pensa, aumentar o crescimento para não ter que mexer em nada!

  9. Diminuir o tamanho do Estado não é ajuste fiscal! Esse pesssoal da USP que está fazendo greve, como sempre, atrapalhando toda a cidade, metade tem que mandar embora. Isso é diminuir o Estado!
    Professor comunista faz doutrinamento nas escolas, aproveita e manda embora.
    Não sei como vai fazer no Brasil o que o você não fez no Estado de São Paulo!

  10. O Alckmin parece que está entrando nos trilhos. Agora é explicar como vai fazer isso! Como vai ficar o funcionalismo e as privatizações! Eu quero ouvir um forte compromisso da sua parte.
    O Estado de São Paulo aumentou o teto salarial do funcionalismo mas uma liminar do TJ-SP suspendeu, nesta terça-feira, 12, por meio de liminar, o aumento do teto do funcionalismo público nos 645 municípios paulistas. A medida não vale para o governo do Estado nem para o Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunais de Contas.
    Vejam que esperteza, acharam um meio de aumentar os próprios salários deixando de fora os municípios.
    É isso aí, Alckmin?

  11. Comece por desmontar o assalto ao Estado brasileiro, privatizar tudo, reduzir impostos e desregulamentar a economia. Venda os ativos do BNDES, mas incorpore todo saldo monetário ao Tesouro, usando-o integralmente para abater a dívida pública.

    Recursos das privatizações devem ser usados para investimento na educação e no abate da dívida pública.

    Aí tem que criar uma equação para a divisão e um Plano de Emergência para a educação, baseado na experiência da Coréia do Sul, mas também prevendo a criação de centros de excelência em áreas hoje dominadas pelo crime. Salvemos nossas crianças.
    O resto é com a gente, em 20 anos o Brasil volta a ser um país decente.

  12. Ué, não era esta besta que disse que a petrobrás não deveria ser privatizada?
    .
    Concordo plenamente com esta afirmação de que o Estado precisa diminuir, mas me parece que é mais uma adaptação de discurso para atrair um tipo de eleitor.
    .
    Quando convém o chuchu é estatista, quando muda a plateia, liberal.
    .
    Chuchu é assim, pega o sabor do que está em volta.
    .
    No mais, apesar de ter falado a coisa certa, não passa daquele caso do relógio parado que duas vezes por dia está certo.

  13. Para o Brasil voltar a crescer devemos eleger BOLSONARO para presidente.
    Chega desses bananas frouxos da esquerda caviar. Um bando de corruptos e propineiros.
    Explica ai Gerardo, como o seu nome foi parar na LISTA DO DEPARTAMENTO DE PROPINAS DA ODEBRECHT.

  14. Ah, quem mora em SP viu isso sim, Chuchu!!!
    Quem mora em SP SABERÁ qdo realmente houve uma postura e ação nesse sentido. Problema da falta d´água! Depois de mentir várias vezes, assumiu e correu pra “reduzir o Estado”.
    Vendeu helicóptero, fechou autarquias, carros, fez um trololó no pedágio. Tudo para sobrar recursos para resolver a questão da falta d’água.
    PSDB, Chuchu, ESQUERDA PRA VALER, seus MENTIROSOS!
    *Moro em área nobre, zona sul da Capital. TODOS OS DIAS às 23:00 a água é DESLIGADA desde a crise hídrica!

    1. https://jornalggn.com.br/noticia/inquerito-contra-alckmin-por-propina-da-odebrecht-comeca-a-andar-no-stj

  15. Só agora, PIcolé de Chucho ?
    Oportunismo eleitoral.
    Tivesse levantado essa bandeira e batido nela
    há algum tempo, identificando-se com a causa, hoje estarias eleito.
    Contudo, o oportunismo tucano não permite atirudes que não
    sejam … OPORTUNISTAS.
    Esta aí. Fim de linha. Tchau, querida.

  16. O chuchu agora adota as mesmas ideias e propostas do Bolsonaro, com uma diferença: fala no idioma chuchuzês.
    Demora uma eternidade para explica-las, um arrodeio sem fim. Sou 1000 vezes o Bolsonaro!

  17. É pena que o Alkimin seja tão sem carisma. Num país em que a maioria adora populistas que prometem o paraíso para depois entregarem o inferno, capacidade administrativa não encanta ninguém. Vamos para mais quatro anos nas mãos de um despreparado qualquer, sem fazer as reformas que nos tirariam deste círculo vicioso.

  18. Juraaaaaaa????????? A primeira coisa que estes socialistas do PSDB fazem é aumentar a carga tributária e manter o povo brasileiro desarmado a mercê dos bandidos! Tá querendo mudar o discurso porque vai ficar comendo poeira lá atrás! Desespero tucno!

  19. MAS QUE HOMEM INTELIGENTE! QUEM SUSPEITARIA DE UMA CONDIÇÃO DESSAS? É REALMENTE UM GÊNIO IMBATÍVEL, ESSE SOCIALISTAZINHO DE GRÊMIO ESTUDANTIL…

  20. O diagnóstico e o discurso estão corretos. Porém – saindo da boca de Alckmin ou de outros políticos enredados nas investigações por corrupção ou caixa 2 – estes discursos perdem completamente a credibilidade simplesmente porque estes políticos estiveram no poder por décadas e nunca agiram para reduzir o tamanho do Estado e/ou as despesas públicas. Como crer que eles o farão agora???

  21. O Governador é uma “sumidade” falou pra Mariana Godoy que os governadores Brasil afora todos coitadinhos não tem dinheiro pra governar os Estados é favor de aumentar impostos agora está falando outra linguagem, por isso que vai se dar muito mal nestas eleições não só ele todos os demais do psdb, o unico que se salva é João Dória, por enquanto…. depende do seu vice…

  22. Alckimin é um ladrão político, como todo comunista, como todo ser dessa estirpe, lutou na República São Paulo para a engorda do Estado para roubarem cada vez mais e ditarem cada vez mais normas pelas quais devemos viver e pagar cada vez mais impostos, uma desgraça dessas luta para o fim das liberdades individuais, conseguindo assim que o Estado seja dono de nossos bens em uma revolução paulatina, sem tiros e sem resistência.

  23. Falou o óbvio. Mas cadê a ação? Estamos cansados de serem escravos para, com o nosso suor, sustentar uma casta de vagabundos que mais parece uma praga de gafanhotos destruindo uma plantação. Cada vez querem mais de nós. Quase 100 taxas, impostos, multas para sustentar uma máquina emperrada que é esse nosso Estado-ladrão.

  24. Como é que é? Reduzir o ESTADO? Mas, ele já disse que vai ampliar o BOLSA-FAMÍLIA. Enquanto a odiada classe média se fode para pagar os impostos, etc, o Geraldinho quer ampliar a presença do estado na sociedade. Geraldo, pensais que só tem lobotomizado vermelho no país? Não acredito mais nessa esquerda MEQUETREFE QUE AQUI HABITA. Ou damos uma guinada à DIREITA, ou será o fim do BRASIL. Fim econômico, social e moral. Use outro verniz, Geraldinho, porque esse não pegou! BOLSONARO 2018!!!!!

    1. A ESQUERDA NÃO TEM CREDIBILIDADE. ESTÁ EM DECADENCIA ACELERADA. A POPULAÇÃO NÃO ACREDITA NUMA PALAVRA DELES. EXEMPLO: GOVERNOS DOS ULTIMOS TRINTA ANOS.

  25. E o que ele fez? criou bolsa para craqueiro, seu partido votou pela ampliação do teto salarial para cargos em que seus ocupantes já ganhavam uma fortuna para nossos padrões de vida, ajudou a criar a Defensoria Pública, órgão destinado a defender criminosos e mandar embora para casa pessoas pobres, dizendo que elas não contam com direito a assistência advocatícia deles, trabalhou incessantemente para a engorda do Estado e o fim das liberdades individuais, Alckimin é uma farsa, como todo bom comunista de moita.

  26. Por que ele não fez tal redução do estado quando era governador de SP? O Estado de SP é o estado com maior carga tributária de todos. Eu pago o IPVA de meu carro que já tem 10 anos o mesmo valor de imposto de quando eu o comprei! Foram R$17.000, 00 em 10 anos. Como pode isto??? Isto é um roubo e este senhor esteve a frente disto! Hoje o meu carro vale R$40.000,00 e eu paguei só em IPVA quase a metade do valor atual do carro.

  27. Esse santo do pau oco comandou a maior economia do Brasil por quatro vezes e só fez aumentar a sua folha!!! E agora vem com a demagogia que o Brasil precisa desinchar!!!! Não tem coerência!!! Santo seu destino é a Lava Jato e seu dia vai chegar, aguardaremos!!!!!!!!!!

    1. O Geraldo Santo da Odebrecht diminuiu bastante o estado aqui em SP… Vendeu as rodovias dos paulistas que foram depois pedagiadas ao extremo.
      Tá quebrando a polícia civil de SP para diminuir os custos e com isso, sem investigação não vai ter criminosos presos e as estatísticas criminais diminuem consideravelmente.
      Bolsonaro no primeiro turno, melhor Jair se acostumando!