"Para os militares, impeachment é tema da política"

“Para os militares, impeachment é tema da política”
Foto: Alan Santos/PR

O Antagonista perguntou a Raul Jungmann, que foi ministro das pastas da Defesa e da Segurança Pública no governo de Michel Temer, qual será a postura dos militares em meio à possibilidade de impeachment de Jair Bolsonaro.

“Na atual crise, os militares seguirão expressamente o que determina a Constituição”, respondeu.

E mais:

“Para eles [os militares], impeachment é tema da política. E, como disse o comandante Pujol [Edson Leal Pujol, atual comandante do Exército] de modo vertical e os demais comandantes, os militares não querem ou aceitam política nos quartéis.”

Jungmann, que mantém boa relação com a caserna, não acredita em desgaste da imagem das Forças Armadas.

“Qualquer pesquisa de opinião irá aferir o prestígio que as Forças Armadas continuam desfrutando.”

Para o ex-ministro, “o desgaste é do governo e dos seus ministros, militares e civis”.

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
TOPO