Para quando você ouvir falar em “institucionalidade forte”

Quando você ouvir falar em “institucionalidade forte”, não esqueça de rever a contagem dos 51 milhões de Geddel (só de Geddel?) pela PF:

7 comentários

  1. Só dele e não é tudo. Não significa dizer, que outros não tenham, mas sim, que, estão em outro buncker.

  2. Pois e minha gente ! O Sr. GEDDEL anda solto, sem tornozeleira por culpa do Desembargador NEY DE BARROS BELLO FILHO, do TRF1. Por acaso vocês sabem quem e a figura retro mencionada ? Filho do Sr. Ney de Barros Bello, ex-secretario do ex- Governador do Maranhão, Jose Reinaldo Tavares, que foi preso pela Policia Federal, por corrupção em obras publicas daquele estado. O Digno Juiz faz jus as suas origens.

  3. Sobra dinheiro nas mãos dos políticos e ninguém “assalta” eles, ninguém “sequestra” filho de político… Arrobem os apartamentos dos políticos… vai sobrar dinheiro para Educação e Saúde… E essa seria uma ótima forma de financiamento eleitoral. Arrombem os apartamentos dos políticos.

  4. Esse é o Estado Democrático de Direito defendido pelo Reinaldo Azevedo e pelas pessoas que ainda o ouvem e leem. Triste país.

    Estado Democrático de Direito, na boca dessa gente que defende o Michel Temer, deve ser lido como: “TEM QUE MANTER ISSO AÍ.”

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.