Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Para Simone Tebet, 'há vários cifrões' debaixo dos panos quentes de Lira

À Crusoé, presidenciável do MDB expõe o crime de responsabilidade cometido por Jair Bolsonaro e explica a resistência de Arthur Lira ao impeachment
Para Simone Tebet, há vários cifrões debaixo dos panos quentes de Lira
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em entrevista à Crusoé desta edição, a senadora Simone Tebet diz que não é possível ignorar o crime de responsabilidade cometido por Jair Bolsonaro no 7 de Setembro e confirma sua presença na manifestação do domingo 12, na Avenida Paulista. Segundo ela, “os atos podem estimular” o debate sobre o impeachment,mas não devem incentivar ações efetivas”.

“O Arthur Lira fez um pronunciamento colocando panos quentes e, por trás disso, há vários cifrões em forma de emenda de relator. Isso serve para aquecer as ruas, os movimentos sociais. Esses, sim, vão acordar. Eu mesma vou estar nas manifestações da Paulista do dia 12, acho que a esquerda e a direita vão entender que ambas têm que caminhar juntas. Não estamos falando de 2022, estamos falando de defesa da democracia, que é o que temos de mais caro. Todos têm que unir esforços nas manifestações de rua, não adianta fragmentar. Isso pode começar a acontecer, com um amplo acordo de não ter faixa de nem um, nem outro, por exemplo.”

Leia a entrevista completa na Crusoé, assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO