Paraíso suíço vai acabar

A Receita Federal assinou um acordo de troca de informações tributárias com o fisco da Suíça. A parceria prevê que toda conta aberta naquele país por algum contribuinte brasileiro provoque uma notificação automática ao Brasil.

Além disso, os dois órgãos podem trocar dados tributários de cidadãos sem necessidade de autorização judicial prévia. O acordo ainda precisa ser aprovado pelo Congresso. O embaixador suíço no Brasil, André Regli, disse que seu país “não precisa mais” de dinheiro não declarado.

É uma iniciativa importante, mas de efeito limitado. Enquanto existirem paraísos fiscais, existirá sonegação e lavagem de dinheiro.

Faça o primeiro comentário