"Parece que o governo achou que a pandemia deixou de existir", diz líder da Frente Nacional de Prefeitos

“Parece que o governo achou que a pandemia deixou de existir”, diz líder da Frente Nacional de Prefeitos
Reprodução/TV Senado/YouTube

O presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette, disse nesta segunda (12) que a pandemia “deixou de existir” para o governo federal na virada para 2021.

Donizette reconheceu o apoio econômico do governo federal em 2020, mas acrescentou que ele deixou a desejar neste ano.

“Quando nós tivemos a virada de ano, parece que o governo achou que a pandemia deixou de existir”, disse, em audiência na Comissão Temporária da Covid-19 do Senado”.

“E pelo contrário: ela se fortaleceu. Vieram as novas cepas, os números aumentaram e os municípios ficaram praticamente sozinhos. Para os senhores e as senhoras terem uma ideia, o repasse de recursos de leitos de UTI dos meses de janeiro e de fevereiro só foram (sic) feitos em março. Então, os municípios tiveram que arcar com isso”.

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) é integrada apenas pelos municípios com mais de 80 mil habitantes, diferentemente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Leia mais:

Queiroga libera verbas para cerca de 2 400 leitos de UTI

Queiroga libera verbas para mais 1.000 leitos de UTI

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO