ACESSE

Até 50 mil por cabeça

Telegram

As famílias de 54 dos 64 presos mortos no massacre do Compaj, em Manaus, se cadastraram para ter direito à indenização. O limite para os pagamentos é de R$ 50 mil por morto. O processo será coordenado pela Defensoria Pública.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Seja o primeiro a comentar