Parentes da ex-mulher de Bolsonaro fizeram mais de 4 mil saques de 500 reais

Parentes da ex-mulher de Bolsonaro fizeram mais de 4 mil saques de 500 reais

Documentos da quebra de sigilo bancário de oito familiares da ex-mulher de Jair Bolsonaro, Ana Cristina Valle, lotados no gabinete de Flávio Bolsonaro, mostram que eles tinham o hábito de sacar várias vezes 500 reais de suas contas, em datas próximas aos pagamentos.

Diz O Globo:

“Das 9.859 operações de saque feitas entre 2007 e 2018, 4.294 foram nesse mesmo valor — o equivalente  a 44% de todas as operações feitas. Esses saques, todos no mesmo valor, somaram um total de R$ 2,1 milhões.

Nas investigações, o Ministério Público apresenta dez integrantes da família como um dos grupos da ‘organização criminosa’ e aponta que os investigados sacaram, em média, 83% dos salários recebidos da Alerj.

Segundo o Ministério Público, os familiares da ex-madrasta de Flávio ‘sacavam quase a integralidade dos salários recebidos na Alerj para repassar os valores em espécie a outros integrantes da organização criminosa'”.

Leia mais: EXCLUSIVO: SAQUES DE QUEIROZ, DEPÓSITOS PARA FLÁVIO BOLSONARO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 82 comentários
TOPO