“Parlamentar não pode confundir imunidade com impunidade”, diz presidente do Conselho de Ética

“Parlamentar não pode confundir imunidade com impunidade”, diz presidente do Conselho de Ética
Presidente do conselho de ética Deputado Juscelino Filho

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, Juscelino Filho (DEM-MA), afirmou a O Antagonista que os deputados não podem confundir “imunidade parlamentar com impunidade”, em referência ao deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso após ofender e ameaçar ministros do STF.

“Eu acho que qualquer um tem que se responsabilizar pelo que diz. Principalmente os parlamentares. Os deputados têm a garantia da imunidade parlamentar, mas não da impunidade. O parlamentar não pode confundir imunidade com impunidade. Temos que diferenciar uma coisa da outra”, disse Filho.

Apesar disso, Filho ressaltou que, como ainda não chegou uma representação formal ao Conselho, o colegiado ainda irá decidir como vai tratar essa questão. “É necessário ter processo formal. E mesmo em um caso como esse, é preciso se obedecer ao devido processo legal”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO