Parlamentares custam mais de R$ 30 milhões por dia aos brasileiros

Parlamentares custam mais de R$ 30 milhões por dia aos brasileiros
Foto: Rodrigo Freitas/O Antagonista

Um deputado custa R$ 189 mil por mês aos contribuintes brasileiros. Um senador, R$ 297 mil, segundo a Crusoé.

No caso da Câmara, esse dinheiro leva em conta os R$ 33,7 mil dos salários dos deputados, mais os cerca de R$ 40 mil por mês de cota parlamentar, para para eles gastarem com o mandato, e R$ 111,6 mil mensais para contratação de até 25 assessores. Além dos R$ 4,2 mil de auxílio moradia, de que só 45 deputados abriram mão.

Já no Senado, o salário é o mesmo, R$ 33,7 mil, mas a verba de gabinete é de R$ 227,1 mil por mês. E os senadores também têm auxílio moradia e cota parlamentar, de R$ 15 mil. Além disso, em 2019 o Senado R$ 13,9 milhões com serviços médico-hospitalares, odontológicos e laboratoriais para os senadores. Este ano, até agosto, foram gastos R$ 7,9 milhões.

“As balizas básicas fundamentais sobre a atividade parlamentar estão expressas na Constituição”, diz a Crusoé. “Não e o caso das regalias, que estão previstas apenas em atos da Mesa Diretora, como a cota parlamentar para passagens, contas de telefone, correios e combustível. Ou seja, bastaria uma simples canetada para suspendê-las.”

Leia AQUI a reportagem completa na Crusoé.

Leia mais: O "Anjo" usou um jet-ski para entrar pelos fundos do Palácio da Alvorada para se encontrar secretamente com Bolsonaro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 40 comentários
TOPO