Parou em 82

Para que o requerimento da CPI da Lava Jato fosse anulado — sem depender de decisão de Rodrigo Maia –, como já explicamos, seriam necessárias 96 assinaturas (metade mais um dos 190 signatários iniciais, conforme o regimento interno).

A contagem parou em 82, depois que — entre outros movimentos nos bastidores — o líder do PP, Arthur Lira, começou a pressionar os deputados do seu partido a não recuar.

O requerimento apresentado por Júlio Delgado e outros — indeferido mais cedo — não tinha o número de assinaturas necessárias, além de elencar autores que disseram não ter apoiado a proposta de abortar a CPI.

Comentários

  • VAMOS -

    ....... NOSSA ARMA, É A INFORMAÇÃO !!!! A LISTA COM O NOME DE TODOS ESTÁ SENDO INCANSAVELMENTE REPASSADA e REPASSADA e REPASSADA..... SERÁ AINDA MAIS REFORÇADA AS VÉSPERAS DAS ELEIÇÕES !!!!! SAIRÁ CARO..... NÃO SERÃO REELEITOS !!

  • Daisy -

    Um golpe atrás do outro... Republiquem os nomes, diferenciando aqueles que recuaram.

  • Cris -

    Que tal publicar a lista de nomes novamente ,com uma cor diferente para os nomes que já retiraram suas assinaturas...

Ler 15 comentários