Participação do Brasil na produção industrial mundial nunca foi tão baixa, diz CNI

Participação do Brasil na produção industrial mundial nunca foi tão baixa, diz CNI

A participação do Brasil na produção industrial mundial nunca foi tão baixa. Segundo dados da CNI, a indústria brasileira foi responsável por 1,19% de toda a produção industrial do mundo no ano passado, o pior nível desde 1990, quando a pesquisa foi feita pela primeira vez.

Segundo o estudo, o Brasil estava entre as dez maiores produções industriais até 2014. A partir de 2015 começou a cair até chegar ao menor nível já registrado, a 16ª posição, em 2019.

A maior indústria do mundo, segundo a pesquisa da CNI, é a da China. O país responde por quase 30% de toda a produção industrial global. Os Estados Unidos vêm em segundo lugar, com uma fatia de 16,31%.

Veja o gráfico:

A participação da indústria de transformação brasileira nas exportações mundiais também vem caindo desde 2017. O país respondia por 0,91% das exportações da indústria global naquele ano e em 2019 essa posição caiu para 0,82%.

Para o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, os dados comprovam a perda de competitividade da indústria brasileira e mostram a necessidade de mudanças legislativas.

“O cenário torna ainda mais urgente a aprovação de reformas e legislações que destravem a economia brasileira e aumentem a competitividade da indústria nacional. São os casos da reforma tributária, da nova lei do gás e do reforço em investimentos em pesquisa e desenvolvimento”, afirma o presidente da CNI.

Leia mais: OS R$ 42 MILHÕES DO ADVOGADO DE BOLSONARO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários
TOPO