Pastores, claro, votaram a favor do perdão às igrejas

Na votação em julho do jabuti que garantiu o perdão às dívidas das igrejas, a bancada evangélica, claro, votou a favor.

A emenda, como já noticiamos, foi apresentada pelo deputado David Soares (DEM), filho do missionário R. R. Soares. Quinze dias antes, o parlamentar havia se reunido com Jair Bolsonaro e representantes da Receita para tratar do assunto.

Entre os 345 votos favoráveis à anistia, estão os dos deputados e pastores Silas Câmara (Republicanos), Marcos Pereira (Republicanos), Sóstenes Cavalcanti (DEM) e Marco Feliciano (Republicanos), por exemplo.

Leia mais: TCHAU, TOFFOLI
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários
TOPO