Patriota nega que Doutor Bumbum será candidato a vereador pelo partido

Em nota, o Patriota negou que o “Doutor Bumbum” será candidato a vereador do Rio de Janeiro pelo partido.

“O diretório estadual do Patriota no Rio de Janeiro esclarece que o ex-médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum, não é pré-candidato a vereador pelo partido.”

O Antagonista conversou com Adilson Barroso, presidente nacional da legenda, que, inicialmente, disse não estar por dentro do assunto — ele alegou que são muitas candidaturas país afora.

Afirmamos que o caso do ex-médico, réu por homicídio doloso qualificado em um processo que apura a morte de uma bancária durante um procedimento estético, é conhecido nacionalmente.

Barroso, então, disse que o partido “deve ter sido procurado” pelo ex-médico, que teve a candidatura negada, porque, emendou o presidente, a legenda não vai apostar em “gente envolvida em polêmica negativa”.

Ele, porém, fez uma defesa do Doutor Bumbum.

“Muitas vezes a pessoa é réu e, depois, é absolvida. O que eu posso dizer é que raramente a gente permite que um réu seja candidato pelo Patriota. E que decidimos não apostar em candidaturas polêmicas. Ele é réu porque teve uma falha na medicina? Nossa, rapaz, que coisa complicada, porque em toda a profissão eu vejo alguém errar, mas médico não pode errar. A questão de um erro de medicina é lamentável, mas o que a gente não quer é aquele homem que estuprou um monte de mulher. Mas um erro? Se ele errou, é uma coisa. Se cometeu um crime sabendo, é outra. O erro é humano, o crime é de bandido.”

Leia mais: O Centrão quer dominar sua cidade. Entenda como
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários
TOPO