Paulo Guedes diz que ex-diretor do BNDES será secretário do governo

Durante evento organizado pelo MBL neste sábado, Paulo Guedes anunciou que o economista Carlos Alexandre da Costa, que participa da transição, será secretário do governo Jair Bolsonaro, relata o Estadão.

Guedes, no entanto, disse que ainda não sabe qual secretaria Costa ocupará.

O ex-diretor do BNDES já era cotado para integrar a equipe econômica.

Conheça as questões definidoras do futuro governo — e do Brasil AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 16 comentários
  1. É isso aí. Todo cuidado é pouco we muito pouco. Mas, os 57 milhões de eleitores estamos de olho. Cuidado Capitão. Peça para o MOURÃO e o Gen HELENO fiscalizar. Mas antes prendam logo a IOLANDA.

  2. Pra mim Paulo Guedes tem liberdade demais para nomear pessoas que muitas vezes não são adequadas à proposta de Bolsonaro. Ou seja, quem era do antigo governo no BNDS tem o rabo preso!! porra! Talk

    1. Atenção. Paulo Guedes é o Ministro. Os outros Secretários, correto? Se seguir as diretrizes do Bolsonaro, tudo bem. Agora, pisou na bola, RUA!

    2. Para de falar besteira. Toda a equipe econômica do governo Temer é qualificadíssima. Mais racionalidade e menos paixão faria bem a alguns eleitores.

    1. Vai ser mais fácil pedir ajuda para os Chicago Boys que trabalharam com o PT do que contar com a ajuda dos Servidores Públicos do BNDES. Esses sim vão bagunçar o coreto. E não tem como tirá-los