Paulo Guedes propõe redução drástica de tarifa para importação

A equipe econômica de Paulo Guedes, o guru de Jair Bolsonaro, incluiu como medida a ser tomada nos 100 primeiros dias de um eventual governo a “redução drástica de tarifas aplicadas ao mercado externo”, publica a Folha.

“O estudo simula a redução da tarifa para a importação de produtos de 57 setores de bens comercializáveis”.

Foi declarada a guerra do 2º turno, que definirá também o curso da Lava Jato. Saiba mais AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Nelson disse:

    haverá chiadeira na Fiesp .......mas esse é o caminho........

Ler comentários
  1. forbidden disse:

    O Brasil precisa privatizar e abrir as portas para empresas internacionais, se quiser sobreviver, fazer bons negócios para atrair capitais e reformas políticas, econômicas, urgente!!!

  2. Mariza disse:

    👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

  3. Antonio disse:

    Que a contrapartida também seja posta em prática a toque de caixa: a simplificação e redução dos impostos para os exportadores, estrangulados por tarifas e burocracia surreais.

  4. Indignado disse:

    Redução drástica de tarifas só beneficia a China, tem que ver se Bolsonaro vai concordar com isso. Pessoalmente, acho que esse Paulo Guedes será o calcanhar de aquiles do governo Bolsonaro.

  5. MARCO disse:

    Gente de memória curta. Parece que esqueceram da abertura a importação de carros que pelo contrário não quebrou nenhuma montadora nem desempregou milhões. Reclama mas estão dirigindo seus impor

  6. JohnGalt disse:

    Quanto maior a carga tributária, maior a corrupção, em forma de sonegação de impostos e quadrilhas no serviço público que cobram propinas para fornecer facilidades

    1. $$$ "vender" $$$ as $$$ "facilidades" $$$, quer dizer, né??

  7. Renato disse:

    Todo mundo sabe o que pensa Paulo Guedes. Sem novidades.

  8. JohnGalt disse:

    Trump reduziu os impostos nos EUA, isso provocou um retorno de 4 trilhões de dólares em forma de investimento em várias áreas

  9. Henrique disse:

    Lindo seria isso! Iriamos virar finalmente um mercado aberto, poderíamos importar coisas sem pagar 80% de imposto encima. Mais consumo mais economia girando.

    1. Sim, a indústria vai comprar máquinas e insumos mais baratos, em consequência poderá produzir mais e criar mais empregos....

    2. Não é só isso. Não existe indústria de informática no Brasil. A tarifa poderia ser zero, pois as montadoras que existem no brasil só compram e montam as partes. A informática avançando o paí

  10. Leandro disse:

    Penso no choque que será para a indústria automobilística. Suspeito que os preços dos carros nacionais cairiam drasticamente se isso fosse feito, pela concorrência com os importados.

    1. Os preços não cairão, simplesmente deixarão de fabricar aqui e transferirão as plantas para outro país. Tarifas de importação não são tudo. Há também legislação complexa e impostos demai

    2. Agora, não vai adiantar criar categorias privilegiadas que não sofrerão redução de II.

  11. Luíz disse:

    Os "inteligentes" e os "especialistas" que estarão aqui criticando o P Guedes devem antes de tudo saber que o Chile, líder na América do Sul, implantou, com sucesso, modelo parecido.

    1. A maioria doce que aqui créditos não abre mão dos seus celulares importados do seu carrinho importado dos seus perfumes importados. Tudo Comunista de boutique adoro viajar para Miami. Gente hipócr

  12. JohnGalt disse:

    Deviam ser extintos impostos sobre a produção de bens duráveis, os famosos impostos em cascata, e cobrar imposto só no produto acabado, como é em outros países

  13. MARCO disse:

    Os que reclamam hoje amanhã estarão aplaudindo o capitalismo que gera competição melhores resultados e melhores serviços só que isso eles jamais admitirao.

  14. Enzo disse:

    A China cresce não por abrir mercado, cresce devido baixas taxas/impostos, e produção regional, cada região é forte em produzir tais produtos, diferente do Brasil, Ex.Carro no sul, e os pneus na

  15. JohnGalt disse:

    Vai ser ótimo para a indústria, vai poder comprar máquinas e insumos mais baratos e produzir mais

  16. Marcos disse:

    isso OBRIGARÁ a um ganho de produtividade, os empresários não poderão dormir, ganho de produtividade, NOTICIA ta mal feita, faltou dizer ou entrevistar as motivações

  17. Evandro disse:

    Já estamos com a indústria nacional sucateada. 70% de todos os bens industrializados á venda no Brasil tem procedência externa. Que idéia de jerico é essa?

    1. E a reserva de mercado via impostos ajudou muito, não foi mesmo? Hoje somos um dos países mais atrasados e com a economia mais fechada. Tem de liberar a importação sim.

  18. Inácio disse:

    Isso feito com critério pode significar barateamento do custo de mat.primas e insumos, e, por consequência combate à inflação. Mas, tem tb de olhar a exportação para equilíbrio de contas.

  19. Sergio disse:

    ÊBA! Chega de ter de pagar o dobro do preço do produto importado em imposto.

  20. Ricardo disse:

    Comecem diminuindo as tarifas de compra em Soares varejistas da China ou Estados Unidos. Chega de sermos roubados em 60%, mais Cima, mais 15 reais dos Correios.

  21. Roberto disse:

    Quem sabe o Brasil vai começar a ficar competitivo

    1. Ele vai é ficar sem dólares e... sem indústrias...

  22. JohnGalt? disse:

    Para reduzir a carga tributária é necessário diminuir o tamanho do estado, vender as estatais é urgente. Menos impostos mais dinheiro no bolso do povo para fazer o país crescer

    1. O grande erro de FHC foi deixar os oligopólios de comunicação serem criados. Nos EUA são mais de 70(setetnta) empresas de telefonia que não possuem limitação territorial para operar

    2. As estatais nunca pertenceram o povo e assim aos politicos e funcionários que enriqueceram, vide o caso da PETROBRAS, se houvessem outras empresas não estaríamos pagando 5 reais o litro da gasolina

    3. Que obsessão em vender estatais, heim? E quando acabarem as estatais, e o dinheiro for todo pelo ralo, como sempre, vão vender o que para fazer caixa?

  23. Laura disse:

    Nossa, se já não tivesse meu voto, o teria agora. Finalmente alguém enxerga o óbvio!

  24. OBSERVADOR🇧🇷 disse:

    Vai Quebrar a Indústria Nacional!!!

    1. A Tereza ainda não acordou? Petista acorda tarde...

    2. Pelo contrário, máquinos e insumos mais baratos permite a industria produzir mais e criar mais empregos, essa é uma visão da década de 70. Veja o caso dos tigres asiáticos

    3. Vejam o exemplo do tigre guarani a revolução que está ocorrendo lá, a transformação do Paraguai é visível reserva de mercado cria oligopólios que encarecem o produtos

    4. Chama a Tereza aqui na conversa, tá faltando ela kkkk

  25. Bolsonaro-é-17 disse:

    Objetivo? Contrapartida? É algo calculado com um resultado positivo para nossa economia ou é uma "tentativa" para ver no que dá? Falta muita informação aí...

  26. JohnGalt? disse:

    Uma grande empresa da área de vestuário transfiriu sua linha de produção para o Paraguai por causa dos impostos, foram fechados 600 postos de trabalho...

    1. Riachuelo, muito bem , obrigado. As empresas não aguentam mais a carga tributária e tem que sair a produzir fora do Brasil para não quebrarem!!

  27. JohnGalt disse:

    Desde de 2002 o BNDES financiou empresas que gozavam do benefício de um mercado fechado, nunca foram eficientes e seus produtos são caros e de péssima qualidade, agora vão ter que aprender

  28. Indignado disse:

    A solução para isso não é abrir as pernas para a China, mas simplificar a legislação e sistema tributário. Menos burocracia, menos impostos, menos governo e MAIS BARREIRAS contra predadores.

  29. Renato disse:

    Existe uma vantagem de Guedes ser bem liberal e Bolsonaro menos. O acordo seria o caminho do meio. Equilíbrio. Será feito, mas será gradual com setores frágeis.

  30. JohnGalt? disse:

    O Paraguai aqui ao lado está crescendo mais que o Brasil, muitos empresários brasileiros transfiriram suas empresas para lá por causa disso, lá os impostos ficam em torno de 1% para importar e exp

    1. Nossas industrias estão indo pra lá, os tigres asiáticos começaram assim. Vide o caso do JAPÃO, COREIA DO SUL, TAIWAN, SINGAPURA. logo teremos o tigre guarani

    2. Paraguai é um excelente exemplo. Antes o patinho feio hoje um príncipe.

    3. E pesquisas em ciência e tecnologia? Em quais o Paraguai se sobressai?

    4. Sim, mas o Paraguai fabrica calçados, computadores, celulares, aviões, máquinas e equipamentos agrícolas? Se sim, quais as empresas legitimamente paraguaias?

  31. Márcia disse:

    Paulo Guedes deve saber que importação não gera emprego , se não baixar impostos das indústrias nacionais será o desastre derradeiro.

    1. Pelo contrários insumos, máquinas tecnologias que o país precisa e principalmente a industria são cotados em dólares. Veja o caso de Israel que é principal polo tecnológico global

  32. Jailson disse:

    60% de imposto de importação quando entra aqui , não é imposto, é roubo

  33. rs. disse:

    Os setores bem escolhidos fundamentais para o nosso desenvolvimento, ok :> + diminuir custos internos, para não nos esmagarmos.

  34. Jaime disse:

    Renato, eu sempre disse isso. Se não fosse o Collor, estaríamos 100 anos atrasados. O problema dele foi a corrupção e o confisco do dinheiro do povo.

  35. MARCO disse:

    A tendência são os preços diminuem a qualidade aumentar. Principalmente porque o consumidor não fica refém de um grupo pequeno de grandes empresas que dominam um determinado setor.

  36. MARCO disse:

    Abrir o mercado fará com que as seis empresas que dominam por exemplo a internet e a TV a cabo venham a competir com no mínimo mais 25. Empresa de telefonia também competiram com mais umas 20 empre

    1. 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

  37. Ernesto disse:

    Calma lá. Não vamos escancarar as portas ao trabalho semi escravo e subsidiado da China para fechar ainda mais fábricas no Brasil e aumentar o desemprego que já é dramático. Idéia fácil e erra

  38. TICO disse:

    O povo precisa ser esclarecido quem vai impedir a fraude eleitoral . A SMARTMATIC está a postos. Aqui não é tribo. Porque as FORÇAS ARMADAS não se manifestam. E os outros poderes constituido

  39. JoãoI disse:

    Antagonista, o termo não é guru, mas sim o assessor para assuntos econômicos. Guru denota e conota adoração.

  40. AM disse:

    Muitos vão gritar, no momento é correto reduzir o custo Brasil, p/ aumentar a competição e em consequência o emprego. Q gritem os defensores do atraso.

  41. Maciel disse:

    Votar 13 é adiantar o Armagedon. Votar 17 é retardar. Deus todo poderoso já seu seu destino desde a criação do Mundo.

  42. Renato disse:

    O Brasil é um dos paisrs mais fechados do mundo. Quando se abre o mercado, aumenta a concorrência e produtividade. Só que alguns setores querem feudos protegidos. Guedes vai bem nisso.

  43. Ana disse:

    Já começa muito bem Paulo Guedes!!!! Nosso país agora vai crecer!!!

  44. Cino disse:

    E as industrias brasileiras que se explodam...ja vimos esse filme! esse nao seria nem estafeta do Trump.

    1. Mauco...com a reducao das taxas de importacao de produtos texteis...as maiores empresas do Brasil quebraram..princ..de jens..

    2. Deixe de ser desonesto Você nunca viu esse filme porque esse filme nunca passou aqui. Finalmente vai se abrir a economia brasileira e o Brasil vai se inserir no primeiro mundo.

    3. Indústrias são as que mais importam. Matérias primas de química fina são todas importadas, e peças de alta tecnologia também.

  45. Fernando disse:

    Poderia reduzir impostos de importação da resina Pet, aquela para fazer preformas, garrafas, porque de seguir assim vamos envasar líquidos em sacolas plásticas!!!

    1. é mais barato trazer de fora...o líquido envasado...se a indústria nacional não baixar o preço...simples assim

  46. Papacu disse:

    Essa medida vem na hora certa, Brasil é o quinto país mais fechado do mundo, Boa Paulo Guedes 👏👏👏

  47. OBSERVADOR🇧🇷 disse:

    Vai quebrar a indústria nacional

    1. Martins a baixo, não generalize, é certo que temos muitos aproveitadores desonestos, mas, a maioria, são honesto e querem o melhor p/ o país, com ofensas não chegamos em lugar nenhum. SABEDORIA.

    2. Não vai quebrar a indústria Nacional vai aumentar a competitividade e oferecer melhores serviços Inclusive essa internet porcaria qual você está usando. Medo de competição? Só os oligopólios

    3. Grande parte do custo do produto nacional, passa por insumos importados. Eu fabrico um equipamento onde 80% dos componentes e materiais são importados

    4. O que vai quebrar são os cartéis, aqueles que os governos petistas privilegiam para cobrar propinas votando emendas, vagabundos corruptos!!

    5. o chile não quebrou...e é uma ilha de desenvolvimento na América do Sul

    6. Empresariado brasileiro é tudo safado. Lucram demais com seus produtos e põe a culpa na carga tributária. Principalmente em produtos importados. Porque vender a R$20 se custa US$0.50?

  48. José disse:

    Se vem da Folha, nem vou ler #PTNuncaMais

  49. 🇧🇷 disse:

    Será que produtos de informática estão incluídos nesse pacote? Tomara... 🙏

  50. Helena disse:

    O que seria estes bens comercializáveis ? Pode ser interessante ...desde que não prejudique a indústria brasileira . Se alguém puder desenvolver esta notícia ...por favor q faça

    1. A maior parte é direcionada a indústria de bens e produção. Maquinário pesado hardware etc. Disso resultaram bens de consumo de melhor qualidade e a preços mais competitivos.

    2. Helena, isso é conversa de comunista mentiroso, indústria nacional p/ melhorar tem de competir, aumentar sua expertise, sem a qual, continuaremos no marasmo de sempre.

    3. vão até o Chile e vejam o que Pinochet fez...simples assim...

  51. José disse:

    Foi o que o Chile de Pinochet fez...aí os comerciantes tiveram que baixar seus preços...a concorrência é salutar...Estamos atrasados algumas décadas...Nem a esquerda que veio depois mudou a econo

  52. Altenir disse:

    Ou seja, a industria nacional vai para o ralo.

    1. Qual industria? tecnologia aqui no pais é zero, se vc quer cientistas vai precisar desenvolvelos, com tecnologia zero nao da.

    2. Depende do foco da redução. Boa parte da nossa indústria depende de componentes e produtos importandos.

    3. Não. A indústria precisa de peças e equipamentos para ser modernizada e se tornar competitiva.

    4. Não, indústria nacional vai ter de evoluir e investir em produtividade.No meu setor vestuário, enfrento a concorrência dos chineses e estou de pé,lá se vão 26 anos.

    5. Ou a indústria nacional fará produtos melhores, com preços melhores para competir. No mercado existem espaços para todos.

  53. Jocimar disse:

    Qualquer ser vivo com qi suficiente sabe que esses 60%, mais multas e mais 15 reais dos correios não protege nosso mercado. Apenas atrasa nosso progresso, essa pocilga aqui nao produz tecnologia

  54. Enzo disse:

    Tem que fazer como o Trump, corrigir taxas que prejudicam no mercado interno, não podemos abrir o mercado e quebrar a industria, não sejam burros, os correios estavam quebrado devido a tal facilidad

  55. 🇧🇷 disse:

    CORREIOS precisa ser privatizado e a concorrência aumentada com pelo menos, mais DUAS que prestem o mesmo serviço.

  56. JohnGalt disse:

    Os empresários que mamam nas tetas do subsídio pago com nossos impostos vão reclamar

  57. Papacu disse:

    "Observador, Cidadão" é uma MAV otaria pnc.

  58. Renato disse:

    Mexer com isso é a única forma do Brasil avançar. O melhor do governo Collor foi isso. Criticou as carroças bradileirss e iniciou uma modernização. O lado negativo foi a corrupcao.

  59. JohnGalt disse:

    Ótimo até que enfim o Brasil vai seguir o caminho certo

  60. Martins disse:

    Outra putar... que tem que acabar são os Correios. Taxas exorbitantes de PAC/SEDEX. Taxas de importação + R$ 15,00 para entrega...um saco sem fundo.

  61. José disse:

    Se bem que a Folha sempre mente. Não dá para confiar...

  62. Adriana disse:

    Odiei isso. A chinesada ja deita e rola. A industria nacional nao tem como competir. A unica protecao seria taxacao bem alta, e combate ao contrabando que amplo geral e irrestrito. #XoPauloGuedes

    1. WTF kkkkkk "proteção seria taxação bem alta" ata

  63. Martins disse:

    Paguei US$ 1.00 por um frasco com 140 comprimidos de Aspirina nos EUA. Por aqui, um blister com 10 custa R$ 8,30. Empresariado brasileiro é safado, FDP e ganancioso.

    1. Só são safados pq não tem competição, abertura do mercado melhora isso

    2. Como nos demonstrou a famigerada reserva de mercado de informática, ALGUNS são safados. Mas a grande maioria NÃO É, e não é justo sacrificá-los por bugigangas chinesas baratas.

    3. Porque vender por R$ 20,00 um produto que custa US$ 0.50??? É o tal "joga o preço para ver se cola".

    4. Pera ai - eu sou empresário brasileiro e nao sou FDP!

  64. Braz disse:

    Faz sentido. O Brasil parou no tempo e no espaço nos últimos anos. A indústria carece de equipamentos e insumos para a retomada da produção e do emprego. Os cem dias de menor imposto irá ajudar.

  65. Oséias disse:

    Corporativistas da FIESP chorando em 3, 2, 1...

  66. DONIZETE disse:

    Sem educação, sem adensamento das cadeias de produção, sem a multiplicação dos negócios industriais, será a morte econômica da nação por falta de entrada de capital novo.

  67. Fabricio disse:

    Serviços são incluídos ? O Brasil tem que vender mais serviços... estamos perdendo para Índia, China e até EUA

    1. como vamos vender serviços se não temos mão de obra qualificada pra isso ? Não adianta uma tribo indígena achar uma mina de ouro e não saber o que fazer com aquilo, isso se resolve com o tempo

  68. Maciel disse:

    Votar 13 é adiantar o Armagedon. Votar 17 é retardar o Armagedon. Deus todo poderoso já selou o destino desta nação.

  69. manoel disse:

    Acho que o Ciro Gomes já cometeu esta bobagem qdo foi Ministro de Itamar e as tarifas de importação foram reduzidas em 20% de veículos a eletrodomésticos, Ciro quase quebrou a indústria brasilei

    1. Angelo Ciro foi Ministro do planejamento e FHC da Fazenda, consulte o google

  70. Ernesto disse:

    O problema Laura é que a nossa indústria carrega uma dose insuportável de impostos. Abrir o mercado significa matar as poucas indústrias que sobraram.

  71. Romeu disse:

    Sem saber quais setores fica difícil criticar.

  72. JohnGalt? disse:

    Como Cingapura se desenvoleu - de favela a potência mundial. manualdodinheiro.com/como-cingapura-se-desenvolveu-de-favela-potencial-mundial/

  73. Cirval disse:

    Boa ideia, mas haverá redução da receita e, consequentemente, aumento do deficit público. Se o Brasil tivesse a contrapartida de investimentos seria outra coisa, mas o país só recebe capital vol

    1. Nem de longe o déficit público maior vem das estatais.

    2. Por isso a necessidade concomitante de diminuir o tamanho do estado.

    3. Concordo c/ o JohnGalt. Qdo o salário da gente ñ sobe, e até baixa, só há uma solução: cortar supérfluos, vender luxos e cacarecos, apertar o cinto. Se funciona em casa, tem q funcionar no gov

    4. é fácil diminuir o déficit público, basta extinguir os cargos comissionados e vender as estatais que não pertencem ao povo brasileiro, mas aos políticos e seus empregados

  74. Edmilson disse:

    Pode funcionar, mas precisa acabar com o 'populismo cambial', que tem em Ilan Goldjfan um dos principais defensores, q deixa o dólar cair à vontade, mas segura qualquer alta mais forte.

  75. OBSERVADOR🇧🇷 disse:

    Vai quebrar a indústria nacional!!!

    1. Argumento típico de petralha. As empresas nacionais tem que se modernizar, aumentar a produtividade e se adequar a nova realidade.

    2. Depende, vários insumos, peças, componentes vem la de fora msm....

    3. Já está quebrada, faz tempo, não tem acesso a máquinas e insumos mais baratos pra produzir mais

  76. JohnGalt? disse:

    www.infomoney.com.br tem uma matéria esclarecedora sobre o assunto: O que tem em comum Hong Kong, Cingapura, Nova Zelândia, Suiça e Australia. Leiam vai ser muito bom para esclarecer...

    1. O caminho para o Brasil é esse: redução de tarifas, vamos reequipar nossas indústrias, totalmente destruídas pelos governos de esquerda.

  77. JOSE disse:

    Creio que deva ser setores específicos, tipo aqueles ligados a saúde, segurança do cidadão, maquinário para as indústrias e demais necessário para o crescimento e desenvolvimento econômico do

    1. Os 57 considerados por Paulo Guedes estão no documento "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO" da SAE. Página 20 (vide google)

  78. Yuri disse:

    Os 57 setores estão no relatório da SAE chamado "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - Relatório de conjuntura nº 3", na página 20. Olhem no google. Cito alguns: Vestuário, au

  79. Mello disse:

    Lendo essas coisas me deixa feliz, novos tempos virão. Espero q não nos decepcionem!

  80. Mauro disse:

    O cara tem uma equipe direta/indireta de 300 economistas e técnicos. Que tal ver as propostas e depois se manifestarem? Parece que de economia e futebol todo mundo quer dar pitaco, Calma ae povo!

    1. As propostas já estão feitas no documento da SAE "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO", que o Paulo Guedes adotará. Setores estão na página 20 (vide google)

    2. E o pior todo mundo critica, mas ninguém ofere uma solução. O problema do brasileiro é esse, tem preguiça de ler e estudar, depois fica se expressando através de frases prontas sem fundamento

  81. Yuri disse:

    Entre os setores mencionados no documento que embasa o Paulo Guedes são os seguintes: 40 - Comércio; 44 - Construção; 50 - automóveis e peças; 57 - Vestuário. Página 20 =>

    1. documento da SAE (olhem no google): "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - relatório de conjuntura nº 3", página 20.

  82. JohnGalt? disse:

    Chile e Nova Zelândia transformam suas qualidades em automóveis, eles não tem nenhuma montadora. www.mises.org.br/Article.aspx?id=2617

  83. Servio disse:

    Um imposto de 60% é na verdade 120% (60/50) Não se calcula imposto com ele incluido. ISTO É ROUBO, EXPROPRIAÇÃO somos ESCRAVOS do governo. Excelente proposta

  84. joao disse:

    É legal reduzir tarifas de importação...Porém precisamos primeiro arrumar nosso sistema tributario,para dar oportunidade de competir ,e mesmo a redução de tarifa tem que ser planejada.

    1. A ideia do liberalismo (veja o exemplo de Cingapura) é eliminar empresas ruins com a concorrência.

  85. Gustavo disse:

    Sonho. A indústria nacional que se torne competitiva e sem ajuda protecionista de governo.

  86. Peri disse:

    Finalmente!!!!!!! Sair desse isolamento comercial! Finalmente celulares, carros e maquinas a preços justos

  87. Rafael disse:

    ANTES é preciso reduzir as tarifas INTERNAS e desburocratizar para que nossas empresas tenham capacidade de competitividade internacional.

  88. Eduardo disse:

    Bolsonaro é nacionalista e desenvolvimentista e não vai permitir isso. Esse posto Ipiranga vai ser fechado. O Mito vai incentivar o mercado interno.

    1. Quem disse? Se for estratégico pro Brasil, ele permitirá. Se não for, ele não permitirá. Ele não é uma prostituta diplomática. Não sai liberando tudo. Mas também não mora numa ilha.

    2. Mercado interno sem capacidade de investimento ou criação de novas tecnologias, isso que você cita é o que vivemos, o PT tentou isso via BNDES e foi um fracasso, isso não funciona...

  89. JohnGalt disse:

    Por favor leiam o texto "O que tem em comum Hong Kong, Cingapura, Nova Zelândia, Suiça e Austrália" publicado no site www.infomoney.com.br e tirem suas conclusões...

  90. Almir disse:

    Está correto !! O COMUNISTA Haddad só fala em AUMENTAR impostos para quebrar o Brasil de vez ! Esse é o plano do Foro de São Paulo

  91. Nelson disse:

    É chapa precisa pensar também, em logística para as "Exportações" vai fundo.

  92. Cacevo disse:

    Será que é possível antes das reformas estruturais?

  93. Cezar disse:

    Preciso saber na íntegra esse discurso, pois já estou cansado de deturparem o que colaboradores de Bolsonaro dizem. É preciso ouvir os empresários brasileiros pra saber se é viável ou não.

    1. A proposta completa está no documento da SAE chamado "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMIO" (vide google). Os setores afetados estão na página 20.

    2. correto, não se trata de um assunto importante destes em uma pequena nota.

  94. Rosa disse:

    Não entendo de economia. Mas me parece que, baixando os juros de produtos importados, há enfraquecimento da indústria de similares no Brasil. Então, isto não gera desemprego ?

    1. Não! A industria nacional também se beneficia importando bens de produção há um preço mais barato. Isso barateia todo o processo de produção e as empresas ficam mais competitivos com o mercado

  95. Emerson disse:

    Não vejo a hora de montar meus PCs a um custo menor até pra que eu possa baixar o preço e vender mais.

  96. Mariluce disse:

    Precisamos ter medidas corajosa !Desta forma a nossa indústria se aprimora já que hoje são tantas barreiras e a indústria no Brasil se costumou a empurrar goela abaixo produtos ruins.

  97. Jackson disse:

    Redução de tarifas é um dos componentes. Em economia é necessário uma composição de redução de impostos no setor primário e taxação no consumo para contrabalançar a demanda

  98. Marcelo disse:

    Yem que liberar o mercado mas associad0 à redução do custo Brasil para que as empresas nacionais possam concorrer.

    1. Reduzir custo significa reduzir o tamanho do estado. Tem muita gente mamando nas estatais por isso a gritaria contra a redução de impostos, reduzindo o impostos aparece o rombo

  99. Negro disse:

    Não to entendendo, reduzir tarifas para importação.....o cara quer criar um déficit invés de superávit na balança comercial, invés de reduzir mais impostos p/exportacao, tipo cofins e contrib

  100. Jose disse:

    É momento de mudança. São 16 anos de governo PT e é essa m&%da que está ai... Desemprego, empresas fechadas, insegurança total . BASTA !!!

    1. Rosa larga de ser burra. Leia os livros dos economistas da escola austríaca e verá o tamanho da besteira que você está falando.

    2. Pelo que vi você entende mais de economia de que Paulo Guedes.

    3. Aí não se tratará dele contra o PT. Mas de, em baixando os juros para importação, não ser possível a indústria interna competir. Vai haver quebradeira e desemprego. Ô cara, vê se acorda, abr

  101. Hamilton disse:

    O Círio Gomes fez isso como ministro e ferrou com o Brasil no início da década de 1990. Deu maior metda. Precisa ser avaliado melhor.

    1. Ciro Gomes não passa de um coronel do nordeste com fortes tendências socialistas por isso não deu certo, a esquerda sempre foi um desastre

  102. Odorico disse:

    Maravilha de notícia, espero a mais de 20 anos alguém reduzir tarifas no Brasil, mas aqui só aumentam, isso valeu meu voto no Bolsonaro.

  103. Fabiom disse:

    Ja fecharam tantas industrias brasileiras, nos transformaremos num imenso Paraguai pelo visto. Espero que a FIESP e seu pato amarelo estejam felizes.

    1. Num Paraguai? Onde eu assino pro Brasil seguir o belíssimo caminho que o Paraguai tá seguindo? EU CONSIDERO Chile e Paraguai os 2 melhores países da América Latina

    2. A JBS já possui três unidades no Paraguai e sua exportação local cresceu 12% em 2016. Setor de maquilas(BRASIL 80%, 7% ARGENTINA, os resto se divide em empresas europeias e americanas)...

    3. Paraguai taxa de crescimento anual- 2004-1,8%, 2005-2,7%, 2005-2,7%, 2006-4%, 2007-6,6%, 2008-5,8%, 2009--3,8%, 2010-15,3%, 2011-3,8%, 2012--1,2%, 2013-12%, 2016-3,5%, 2017-3,9%. O Paraguai é o cara

    4. Lá eles formularam o Plano de Nacional de Desenvolvimento para o período 2014-2030, leia sobre o termo MAQUILA, eles estão copiando JAPÃO, COREIA DO SUL, TAIWAN só isso...

    5. Bobinho, o Paraguai está levando nossas industrias por este motivo, lá eles reduziram os impostos de importação/exportação(1%), estão se transformando no tigre guarani..

    6. não caia em conversa de esquerdista....vc não tem que se importar com importados mas sim, com os impostos das industrias nacionais, isso que interessa.

  104. José disse:

    Pois é... Que tal fazer isso para produtos não fabricados por aqui. Ou melhor, faça-os pagar os aqui os mesmos impostos que somos obrigados a pagar para produzir por aqui. Seria justo!!!

  105. Braulio disse:

    Não tem que ser setores específicos, tem que ser em TODOS os setores

  106. Márcia disse:

    Pois é, quero crer que não é só isto que tem no pacote.

  107. Indignado disse:

    Sim, uma hora os dólares para importação acabam..

  108. Neves disse:

    Kkkk o mundo todo em guerra comercial sobretaxando com força e o asno pensando asnaeiras.

  109. Brasil disse:

    Muitos insumos para a nossa industria são cotados em dolar! Diferente do que muitos pensam, reduzir essas taxas aumenta a nossa competitividade! Essa estratégia é usado por muitos países, vide Chi

    1. Você não VIU playboy, mas eu LI: redução da tarifa para importação de produtos de 57 setores de bens COMERCIALIZÁVEIS". Sinônimo de bugiganga chinesa.

    2. Eu não vi ele falar em CHINA, antes de criticar devemos ler sua proposta e como será aplicada. Reserva de mercado cria essa distorção que vivemos hoje...

    3. Sim, mas você está citando uma categoria bem específica de mercadorias, necessárias para o funcionamento da indústria. O que é diferente de zerar o imposto para qualquer bugiganga chinesa, um su

  110. Beatriz disse:

    aeeeee ISSO Paulo, queremos ouvir isso mesmo! votei lula em 2002 MAS ACORDEI! em casa somos todos EX petistas e queremos fora COMUNISTAS do Foro de SP! LIXOS! É BOLSONARO 17 SIM!!!!!!!!!!!!!!

  111. JohnGalt? disse:

    Proteção de mercado tem o efeito reverso de encarecer produtos, aumentar a carga tributária, redução da produção de novas tecnologias, extinção de novas oportunidades de negócio, simple a

  112. Josemar disse:

    As empresas brasileiras estão quebradas por causa do PT que abriu as portas para os chineses e tiraram a taxa de exportação e com isso eles trazem mercadoria ruins com altas taxas de chumbo na tin

    1. Perfeito tem que reduzir carga tributária também . Bolsonaro propõe isto . Acabar com empresário que vive nas tetas do governo corrupto , que tem medo de competição. Fazemresrva de mercado

  113. Barbosa disse:

    Reparem! Com Bolsonaro só temos noticias boas para o Brasil! Menos impostos, redução do IR (quanto tempo que essa porra dessa tabela não é mudada), dólar caindo, bolsa subindo, mercado confiante

    1. Cara se fosse só isso que você postou acima, seria ótimo. O problema é que um quinta coluna na equipe de Bolsonaro quer na prática abrir as pernas do país para a China.

    2. Esse tal de Paulo Guedes, é um verdadeiro "Posto Ypiranga", sempre abastecendo a campanha do "Coiso", quando ele mais precisa. kkkkkkkkkkk

  114. José disse:

    Imagina se o PT teria coragem de fazer algo parecido com isso? São uns sugadores de impostos, só isso que eles sabem fazer. Governa com dinheiro dos outros, qdo acaba, já era.

    1. O PT fez, até reconheceu a China como economia de mercado. Uma piada de mau gosto.

  115. Evandro disse:

    Ou falta informação na matéria ou Paulo Guedes tem idéias muito burras. Precisamos baratear a importação para bens da indústria de base e não para o sapatinho da dondoca.

    1. Ele não é burro não, vc é que tem ideias muito antigas

    2. Sim, e espero que Bolsonaro, dada sua formação militar, preocupe-se principalmente com a segurança e a independência do país e ponha um freio em Paulo Guedes.

  116. José disse:

    Apóio DESDE QUE não façam como Collor, que cortou os impostos de importação mas manteve intocado o custo Brasil! Não dá para competir quando pagamos 40% de tributos sobre tudo o que produz

    1. JOSÉ, na verdade os impostos INDIRETOS não são 40%. Às alíquotas de impostos INDIRETOS no Brasil são por volta de 100% em tudo. Vejam a gasolina, 125% é ICMS, Confins, ipi...

  117. ministrECOzinho disse:

    É uma medida certa, mas tem que vir na hora certa. Primeiro, acaba com os impostos INDIRETOS e OCULTOS nos preços (ipi, Confins, pis-pasep...), depois reduz burocracia gera e AÍ ABRE ECONOMIA.

    1. PRESIDENTE Bolsonaro, Paulo Guedes não façam isso. O Brasil precisa de TRANSPARÊNCIA E CIDADANIA TRIBUTÁRIA, não ocultismo. 170mi de brasileiros que não pagam IR acham que não pagam impostos.

    2. Isentar do IR (imposto transparente e que cria cidadania, o cidadão que paga cobra) quem ganha até 5 mil reais e continuar cobrando impostos INDIRETOS e OCULTOS com 100% de alíquota é absurdo.

    3. Deve-se criar um único imposto INDIRETO só dos Estados, o SALE TAX americano, melhor que o complexo IVA. Nos impostos DIRETOS, criar +2 alíquotas do IR (35 e 45%) e cobrar da renda média.

  118. André disse:

    Por favor! Pagar 70% de imposto de importação é sacanagem demais !

  119. ROBERT disse:

    Povo pensando errado. Reduzir a importação de produtos, pode ser um passo pra melhorar a produção da indústria brasileira. Muitos insumo são cotados em Dólar e ainda supertaxados. Povo burro, p

  120. Márcia disse:

    Tem que trazer indústrias para cá e não seus produtos!!!!

  121. manoel disse:

    Verificar no GOOGLE a realidade que postei abaixo, a cagada de Ciro Gomes em 1994 qdo diminuiu imposto de importação em 20%.

  122. ELOI disse:

    Grande Paulo Guedes!!!! Isso mesmo, retire os grilhões de nós que queremos fazer o Brasil crescer!! Seja muito bem vindo!!!

  123. Brasil disse:

    Tem que ver quais são esses produtos, existe alguns produtos estratégicos, como insumos para a industria que tem que reduzir! Porém, tem alguns produtos que não pode ser feito para não prejudicar

    1. Os 57 setores estão no documento da SAE "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - relatório de conjuntura nº 3", página 20. Olhem no google. Alguns: Vestuário, Comércio...

  124. Alex disse:

    PENSO QUE MÁQUINAS e EQUIPAMENTOS DE PRODUÇÃO da indústria, deveriam ser isentos para podermos produzir produtos acabados e competir o mercado com outros países.

    1. Os 57 setores estão no documento da SAE: "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - relatório de conjuntura nº 3", página 20. Olhem no google. Alguns: vestuário, comércio..

  125. RICARDO disse:

    Parabéns mais uma vez a grande equipe do Bolsonaro. Esse é o país que queremos com avanços.

  126. Mario disse:

    O lobby das empresas nacionais não vai deixar acontecer

  127. Vera disse:

    Creio que é por aí mesmo. Mas não esqueçam de reduzir entre outras coisas, o ônus absurdo e imoral do estado brasileiro. Redução de ministérios, redução de número de políticos, redução

  128. JohnGalt? disse:

    As lições da Nova Zelândia, como reduzir o estado drasticamente e prosperar. www.mises.org.br/Article.asp?id=692

  129. JohnGalt? disse:

    Como a Nova Zelândia reduziu o estado, enriqueceu e virou a terceira economia mais livre do mundo XXwww.mises.org.br/Artcile.aspx?id=2260

  130. Mauro disse:

    Economistas são maravilhosos quando trabalham. O problema é quando deixam eles falarem demais, eles tendem a confundir liberdade de expressão com liberdade de ação.

  131. Amilcar disse:

    E por que não parta meios de produção de última geração para melhorar nossa produtividade e competitividade nas exportações??????

  132. Fuj disse:

    Vai zerar a tarifa de importação de colher se sopa plana e do terceiro pé de calçado. A tarifa do par permanecerá a mesma.

    1. Estamos com medo de calçados chineses, que apertam nos pés e arrebentam depois de dois dias de uso (depois, é claro, de arrebentarem com os calçadistas nacionais).

  133. Indignado disse:

    Mas tem um outro OLIGOPÓLIO, o Chinês, que vai adorar essa medida. Você vai achar legal no começo, mas depois os dólares acabam e a vaca brasileira vai para o brejo.

  134. Jorge disse:

    Parabéns pela coragem. Existem empresas que não tem capacidade de competir . Vivem em relação incestuosa com o governo. É preciso tirar carga tributária das empresas também

  135. Getulio disse:

    Cuidado Paulo Guedes os vermelhos-foiadesp,estadao oglobo,tv globo,etc,estao na espreita.

  136. antonio disse:

    espero que em insumos para industria que se for para consumo direto do povo não vai adiantar e exaurir a reserva em U$ para nada.

    1. Os 57 setores estão no doc da SAE "ABERTURA COMERCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO", página 20 (vide google). Alguns: Comércio; Vestuário; Veículos e peças etc

  137. RENATO disse:

    Concordo! Na decada de 90 e ninguém falava de competiçao desleal, isso só começou qdo o PT entrou mas ao inves de investir nas empresas nacionais abriu o mercado pra pirataria, coisa de bandido

  138. JohnGalt? disse:

    O que arruinou as empresas brasileiras foi a pesada carga tributária e as leis trabalhistas implatandas por Getulio Vargas que se inspirou no FACISMO ITALIANO para cria a CLT

    1. Carta del Lavoro, do direito italiano, vigente no período em que Mussolini comandou o país. Leia a obra de Arion Sayão Romita, na obra o Facismo no Direito do Trabalho Brasileiro

    2. Indignado muda o disco, só você fala em porcarias chinesas, leia as propostas dele, o problema da esquerda é esse, só sabe criticar, nunca oferecem uma solução

    3. Não foi no "fascismo italiano", mas sim na sua legislação trabalhista italiana da época, chamada "Carta del Lavoro".

    4. Nos USA não se ganha adicional de férias e ninguém tira mais de 10 dias , é raro . Não tem décimo terceiro , apenas um bônus , por merecimento , se a empresa quiser dar . Licença maternidade ?

    5. Talvez, mas você não pode esperar resolver esse problema diminuindo o imposto sobre porcarias chinesas que entram no Brasil, não é?

  139. Edmur disse:

    O Imposto de Importação é uma ferramenta antidumping, coisa que os governos anteriores desprezaram. Os chineses arruinaram com as indústrias brasileiras de tecidos e calçados.

    1. Pois é, tente encontrar uma calça jeans tamanho 48 ou maior no mercado. Vai ter que andar muito, pois esses números, comuns no Brasil, não são comuns lá na China.

  140. Henrique disse:

    Vendo o quanto os brasileiros gastam aqui nós EUA essa.medida seria um grande acerto.