Paulo Melo era o ‘dono do Detran’

A delegada da PF Xênia Soares disse hoje, em coletiva da Operação Furna da Onça, que o deputado estadual Paulo Melo, do PMDB do Rio de Janeiro, era considerado o dono do Detran, tamanha a ingerência que tinha no órgão.

“Não foi só o pagamento de propina, mas a entrega de cargos públicos como moeda de troca. O fisiologismo não faz parte da democracia. É a receita para a corrupção”, afirmou o procurador regional da República Carlos Aguiar.

Paulo Melo, Edson Albertassi e Jorge Picciani foram alvos de mandado de prisão preventiva, mas já estão presos desde novembro do ano passado em decorrência da Operação Cadeia Velha.

Picciani vai continuar em prisão domiciliar, favorecido por decisão do STF.

Segunda Turma do STF solta Jorge Picciani

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 18 comentários
  1. Até dedo de silicone para liberar senha por via biométrica eles conseguem fazer. O ‘nicho de corrupção’ mais irreversível que existe, todo mundo lá é folgado e se acha dono do poder. Eu moro

  2. Detrans. As tetas que todo mundo esconde. Mas, o jogo começa lá no DENATRAN e CONTRAN. Basta levar a “bola” em exemplares físicos. E todo que é do ramo sabe do que estou falando…

  3. ou seja informatizando o funcionário não tem chance de achaque, não tem contato, só tem uma senha e inspeção que tem que fazer. aliás ao pagar o taxa o dono cpf deve ser informado dos que ser a

  4. TODAS taxas e serviços publicos NÃO SÓ DETRAN devem ser INFORMATIZADO via CPF, sair do funcionalismo, o CPF PAGA SV PUB, funcionario recebe senha hora p/ tal inspeção e prazo de entrega

  5. Em são Paulo tinha, não sei se ainda tem, a famosa caixinha do Detran.wdo tirei carta não paguei, mas uma fulana antes de mim, fez tanta besteira q foram obrigados a me dar a carta.