Paulo Pimenta quer fechar o CNMP

Paulo Pimenta quer fechar o CNMP
CURITIBA,PR,29.08.2019:PAULO-PIMENTA-VIGÍLIA-LULA-LIVRE - Paulo Pimenta visita Vigília Lula Livre em Curitba (PR), nesta quinta-feira (29). (Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press/Folhapress)

Além de Gleisi Hoffmann, o deputado petista Paulo Pimenta também se mostrou indignado com a suspensão dos julgamentos de pedidos de punição a Deltan Dallagnol.

Os julgamentos de dois pedidos previstos para a manhã de hoje, como noticiamos, acabaram sendo suspensos por Celso de Mello. Um terceiro caso, referente à apresentação de Power Point que mostrou Lula como chefe da ORCRIM na Petrobras, poderá ser analisado hoje à tarde.

“Se o Conselho Nacional do Ministério Público, de novo, não julgar hoje, é melhor fechar as portas, porque, sinceramente, não tem nenhum motivo para continuar existindo”, disse o petista, em vídeo.

Em entrevista a Claudio Dantas, no Gabinete de Crise, Dallagnol e Roberson Pozzobon disseram que o CNMP foi criado para o controle administrativo do Ministério Público e dos deveres legais de seus membros, assim como para zelar pela autonomia funcional da instituição.

“A inamovibilidade existe para que você possa atuar contra os poderosos sem sofrer pressões e vinganças. Sem isso, você começa a ficar com receito de atuar e isso geraria uma política pública muito desfavorável, com promotores e procuradores acovardados”, disse Deltan.

“A partir do momento em que não há autonomia funcional do Ministério Público, não há mais Ministério Público ou Ministério Público independente”, completou Pozzobom.

Assista aqui:

Leia mais: Moro exclusivo: 'O senhor das moscas'
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 57 comentários
TOPO