Pazuello desacredita testes de Covid-19: "O verdadeiro diagnóstico é o clínico"

Pazuello desacredita testes de Covid-19: “O verdadeiro diagnóstico é o clínico”
Foto: Reprodução/ TV Senado

Eduardo Pazuello, ministro da Saúde do Brasil, elaborou um raciocínio há pouco, em audiência no Congresso, para simplesmente desacreditar os testes de Covid-19 em meio à pandemia.

No entender do general do Exército, o número de testes realizados no Brasil “é compatível”, porque sua gestão, segundo ele, alterou a forma de diagnosticar a doença.

“O verdadeiro diagnóstico não é o teste, é o clínico, porque o teste pode ser falho. É o médico que diagnostica, que pode se basear numa tomografia, na epidemiologia dos casos no entorno, pode se basear nos sintomas que ele está vendo. Não é o teste que diagnostica, é o médico. E não era assim. Então, eu acho que a quantidade de testes é compatível, sim.”

Ainda na avaliação do ministro, “a estratégia de distribuição dos testes está funcionando e está sendo muito eficaz”.

“Os estados receberam todos os testes que demandaram. Sim, nós atendemos a todos os estados, todas as demandas foram atendidas. É óbvio que o ministério adquiriu uma quantidade grande de testes lá atrás e contava com uma logística de distribuição que nós estamos fazendo. Não foi simples fazer a estrutura de processamento e isso aconteceu nos últimos quatro, cinco meses de trabalho.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais lidas
  1. Huck 2026?

  2. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  3. Mensagens de WhatsApp revelam que militares bolsonaristas perderam a chance de comprar vacinas

  4. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  5. Neymar pai no 'churrasco de leite condensado'

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 92 comentários
TOPO