Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pazuello diz à PF que "Bharat Biotech indicou Precisa como sua representante"

Ex-ministro nega tratamento diferenciado na negociação da Covaxin e diz que todas as conversas eram coordenadas pelo secretário-executivo
Pazuello diz à PF que “Bharat Biotech indicou Precisa como sua representante”
Foto: Carolina Antunes/PR

Em depoimento à Polícia Federal, obtido por O Antagonista, Eduardo Pazuello disse que “foi a própria farmacêutica indiana Bharat Biotech que indicou ao Ministério da Saúde, ainda em outubro de 2020, a Precisa como sua representante no Brasil”.

O ex-ministro negou também qualquer tratamento diferenciado na negociação para a compra da Covaxin e que “todos os assuntos de vacina ficaram centralizados na Secretaria-Executiva”.

Pazuello disse desconhecer qualquer questão relacionada à emissão das invoices para pagamento do imunizante. “Quando eu cheguei, (a proposta) já estava na mesa de negociações, como todas as outras (vacinas). Era como uma linha de produção. Detalhes contratuais não passavam por meu gabinete.

Ao final do depoimento, o ex-ministro pede para “colocar algumas ideias”, autoriza que a gravação continue, pois depois “a gente pensa em como colocar”. Mas o vídeo termina abruptamente.

Assista ao depoimento:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO