Pazuello diz que Pfizer é uma 'excelente vacina, mas exigências são impraticáveis'

Pazuello diz que Pfizer é uma excelente vacina, mas exigências são impraticáveis
Lucas Valença/O Antagonista

Em audiência no Senado, Eduardo Pazuello explicou por que até hoje o Ministério da Saúde não comprou a vacina da Pfizer. “A Pfizer é uma excelente vacina, é. A Pfizer nos procurou desde o início, sim. Mas as cláusulas impostas são impraticáveis”.

Ele citou a responsabilização do Estado por eventuais processos judiciais decorrentes de efeitos colaterais da vacina.

Pazuello alegou ainda que a quantidade oferecida pela farmacêutica seria aquém do necessário.

“Mesmo que aceitássemos todas as condições impostas, a quantidade que nos ofereceram era de 500 mil doses em janeiro, 500 mil em fevereiro, 1 milhão em março. 6 milhões no primeiro semestre. Queremos a Pfizer em grande quantidade. Não somos um país que precisa ser submeter a isso.

Pazuello afirmou também que a farmacêutica não forneceria o diluente da vacina, o que colocaria sobre o governo a responsabilidade pela eficácia do imunizante.

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO