Pazuello será efetivado ministro da Saúde

Pazuello será efetivado ministro da Saúde
Foto: Júlio NascimentoPR

Jair Bolsonaro decidiu efetivar Eduardo Pazuello no cargo de ministro da Saúde.

A posse está marcada para esta quarta-feira (16), no Planalto.

Pazuello ocupava o cargo interinamente desde 15 de maio, quando Nelson Teich pediu demissão.

Havia resistência ao nome do general, por ser da ativa do Exército.

Em julho, Gilmar Mendes chegou a dizer que as Forças Armadas se associavam a um “genocídio” ao deixar o Ministério da Saúde sem um titular em meio à pandemia.

Com as críticas de Gilmar, Pazuello foi pressionado a ir para a reserva, como fez Luiz Eduardo Ramos. O general, no entanto, preferiu manter-se na caserna, em um primeiro momento.

No mês passado, Pazuello deixou o comando da 12ª Região Militar, composta por Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima.

Leia mais: Gleisi e Bolsonaro do mesmo lado
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 47 comentários
TOPO