Pazuello só fez reunião às vésperas do colapso em Manaus, diz gerente da White Martins

Pazuello só fez reunião às vésperas do colapso em Manaus, diz gerente da White Martins
Foto: Caio de Biasi/Especial para o MS

Em depoimento ao MPF, Christiano Cruz, gerente da White Martins —fornecedora de oxigênio para o governo do Amazonas—, relatou que a empresa só conseguiu se reunir com integrantes do Ministério da Saúde às vésperas do colapso na saúde do estado, informa O Globo.

A equipe de Eduardo Pazuello havia recebido um ofício da White Martins em 8 de janeiro alertando sobre a insuficiência dos estoques de oxigênio, mas só se reuniu com a empresa no dia 11.

Três dias depois, a rede amazonense entrou em colapso, e pacientes passaram a morrer por falta de oxigênio.

Cruz afirmou ainda ter feito, desde o início de janeiro, sucessivos alertas à Secretaria de Saúde sobre a incapacidade de suprir o crescente consumo de oxigênio pelos pacientes de Covid-19.

O relato reforça as suspeitas da PGR de que o Ministério da Saúde demorou para tomar ações concretas buscando evitar o colapso no Amazonas.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO