PB tenta adiar recebimento da denúncia

A defesa de Paulo Bernardo entrou com recurso para ter acesso à delação de Pedro Corrêa.

Os advogados alegam que o ex-deputado mensaleiro disse ao MPF que o R$ 1 milhão recebido por Gleisi Hoffmann foi ordem do Lula, contrariando a versão de Paulo Roberto Costa.

O problema é que não dá para ter acesso à delação que não foi homologada. O que PB quer é protelar o julgamento sobre o recebimento da denúncia.

Faça o primeiro comentário