ACESSE

PDT entra com ação no STF para impugnar Marco do Saneamento

Telegram

O PDT entrou com ação no STF para impugnar o novo Marco do Saneamento, sancionado na quarta-feira passada (15) pelo presidente Bolsonaro.

A petição foi publicada pelo presidente nacional do partido, Carlos Lupi.

Lupi afirmou: “[o] acesso ao saneamento deve ser universal e não permitiremos que seja tratado como mercadoria!”.

A meta do texto, porém, é justamente alcançar a universalização até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento e à coleta de esgoto.

O PDT pediu medida cautelar para suspender imediatamente vários artigos do Marco do Saneamento.

Em dezembro de 2019, a liderança do PDT na Câmara orientou voto contra o Marco do Saneamento. Alguns deputados do partido, porém, votaram “sim”.

Leia mais: 'Gilmar não vai derrubar Bolsonaro'

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 30 comentários