ACESSE

PDT reunido para tratar de "infiéis"

Telegram

O PDT está reunido na manhã de hoje para iniciar as discussões sobre o que fazer com os oito deputados da legenda que votaram a favor da reforma da Previdência na Câmara, contrariando o fechamento de questão do partido.

Carlos Lupi, presidente do PDT, convocou uma reunião conjunta envolvendo a Executiva Nacional, a Comissão de Ética e movimentos partidários.

“Vamos seguir o Estatuto”, disse o dirigente.

Os votos do PDT pró-reforma foram de Tabata Amaral (SP), Alex Santana (BA), Flávio Nogueira (PI), Gil Cutrim (MA), Jesus Sérgio (AC), Marlon Santos (RS), Silvia Cristina (RO) e do Subtenente Gonzaga (MG).

O plano do Centrão para enfraquecer Bolsonaro. CONFIRA

Comentários

  • Nelson -

    Parabéns aos chamados infiéis. Para o povo brasileiro vocês são fiéis.

  • Renilson -

    Acho que os chamados "infiéis" deveriam partir para um partido que pensa no futuro do país. Partidos de merda e ainda tutelados por coronéis gagás só existem para levar vantagem. Deveriam ser extintos

  • Lourival -

    O Ciro foi fiel a alguma legenda, ele que mudou para tantas?

Ler 22 comentários